Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Congenital hepatic fibrosis associated with ascites in a nellore calf

Gois, Daniela Dantas de; Sousa, Isabelle Vieira de; Barbosa, Francisca Maria Sousa; Silva Neto, José Ferreira da; Sampaio, Rubia Avlade Guedes; Simões, Sara Vilar Dantas; Dantas, Igor Mariz; Lucena, Ricardo Barbosa.
Ci. Rural; 50(5)2020.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-745396

Resumo

ABSTRACT: Congenital hepatic fibrosis (CHF) is an autosomal recessive malformation characterized by a variable degree of fibrosis and bile duct proliferation, mainly described in people and rarely reported in bovine European breeds. In addition to liver fibrosis, this syndrome has been associated with ascites and subcutaneous edema in calves. This paper described the pathological findings of the first report of CHF in a Nelore bovine fetus. A stillborn calf was removed by cesarean section because of dystocia. At necropsy, characteristic changes of CHF were observed, such as a large increase in abdominal volume associated with hepatic fibrosis and marked subcutaneous edema. Histological examination of liver revealed periportal and port-portal islands of fibrosis separating the parenchyma into nodules of variable sizes and containing numerous abnormally shaped bile ducts. The CHF should be considered in the differential diagnosis in young calves that present with ascites.
RESUMO: A fibrose hepática congênita (FHC) é uma malformação autossômica recessiva, caracterizada por um variável grau de fibrose e proliferação de ductos biliares, descrita principalmente em pessoas, e raramente relatada em bovinos de raças europeias. Além da fibrose hepática em bezerros, esta síndrome tem sido associada à ascite e edema subcutâneo. O presente trabalho apresenta os achados anatomopatológicos do primeiro relato de FHC em um feto bovino da raça nelore. O bezerro natimorto foi retirado por meio de cesariana devido à distocia. Na necropsia foram verificadas alterações características da FHC, como grande aumento de volume abdominal associado à fibrose hepática e marcado edema subcutâneo. O exame histológico do fígado revelou ilhas de fibrose periportal e porto-portal, separando o parênquima em nódulos de tamanhos variáveis e contendo numerosos ductos biliares irregulares de tamanhos anormais.
Biblioteca responsável: BR68.1