Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Brasilia tapaculo (Scytalopus novacapitalis) seasonality and site occupancy in altitudinal riparian environments after non-natural burnings and feral pig invasion in Serra da Canastra National Park, Brazil

Cunha, I. L. D.; Reis, M. G.; Fieker, C. Z.; Dias, M. M..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-745549

Resumo

Abstract The Brasilia Tapaculo, Scytalopus novacapitalis Sick, 1958, is a rare, geographically restricted, and endangered bird species that inhabits riparian vegetation of Cerrado, mainly Gallery Forests. In Serra da Canastra National Park, southeastern Brazil, wetlands are under threat due to frequent non-natural burnings and invasion by feral pigs, Sus scrofa, Linnaeus, 1758. We aimed to evaluate the possible effects of seasonal variations on S. novacapitalis records in undisturbed habitats and answer questions about how fire and feral pigs may affect site occupancy of the species. Transects alongside riparian environments were used to survey n=21 sites, totalizing 7.5 Km, from 2014 to 2019. Results indicated the season influenced both, spontaneous records and induced encounters by playback method, which were more abundant in breeding period, from early spring to summer. The use of playback significantly increased the amount of records in all seasons. The probability of site occupancy in all studied area was higher in late spring (=0.91) and lower in autumn (=0.73). In burned sites (n=8), the first post-fire month showed the lowest probability of occupancy, but there was a rapid recovery in 2nd month and stabilization similar to control area from the 3rd month ahead. After sites (n=11) were invaded by feral pigs, the estimation of site occupancy indicated a slight drop in first two months, but after the 3rd month of invasion the decreasing pattern enhanced the discrepancy with undisturbed areas. It is important to keep monitoring S. novacapitalis population and their threats, to subsidize management actions, especially to avoid frequently unusual burnings in riparian forests, and to block the access of feral pigs to wetlands.
Resumo O tapaculo-de-Brasília, Scytalopus novacapitalis, Sick 1958, é uma espécie de ave rara, geograficamente restrita e ameaçada de extinção que habita vegetação ripária do Cerrado, principalmente matas de galeria. No Parque Nacional da Serra da Canastra, sudeste do Brasil, áreas úmidas estão ameaçadas devido a frequentes queimadas não naturais e a invasão por javaporco, Sus scrofa Linnaeus, 1758. Avaliamos os possíveis efeitos da sazonalidade na quantidade de registros de S. novacapitalis em habitats sem perturbação e buscamos responder questões sobre como o fogo e a invasão por javaporco pode afetar a ocupação de área pela ave. Transecções paralelas aos ambientes ripários foram usadas para amostrar n=21 áreas, totalizando 7,5 km, de 2014 a 2019. Os resultados indicaram que a estação do ano influenciou na quantidade de registros espontâneos e de registros induzidos por playback, os quais foram mais abundantes durante o período reprodutivo. O uso de playback aumentou significativamente a quantidade de registros em todas as estações. A probabilidade de ocupação considerando toda área de estudo foi maior no fim da primavera (=0,91) e menor no outono (=0,73). Em áreas queimadas (n=8 trechos), o primeiro mês após o fogo apresentou a menor probabilidade de ocupação, mas houve uma rápida recuperação no 2º mês, e estabilização similar na área controle a partir do 3º mês. Após n=11 trechos terem sido invadidos por javaporcos, a estimativa de ocupação de área indicou pequena queda nos dois primeiros meses, mas a partir do 3º mês, o padrão de decréscimo ampliou a discrepância com áreas não perturbadas. É importante continuar monitorando a população de S. novacapitalis e suas ameaças, para subsidiar ações de manejo, principalmente para evitar queimadas não naturais frequentes nas florestas ripárias e bloquear o acesso de javaporcos às áreas úmidas.
Biblioteca responsável: BR68.1