Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Baseline growth of the Trinidad freshwater crab Poppiana dentata () under laboratory conditions

Singh, D. S.; Alkins-Koo, M.; Rostant, L. V.; Mohammed, A..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-745558

Resumo

Abstract Poppiana dentata (Randall, 1840) is widely distributed throughout riverine habitats in Trinidad. However, there is a scarcity of information on the biology of this species. This study provides the first baseline examination that describes growth aspects for P. dentata. Juvenile crabs were obtained from berried females collected in northwest Trinidad. Carapace width (CW), length (CL), moult incident, intermoult period and qualitative aspects were recorded for crabs (N = 23) over 9 months. CW, CL and intermoult period were used to derive percentage size increment, specific growth rate (SGR) and size at structural maturity for both sexes. Growth curves and logistic equations were also generated for each sex. Hatched crabs ( 5 mm CW) underwent rapid hardening after their first moult, indicating a fast turnover of moult cycles. SGR and CW percent increment were also the highest for this initial moult (P 0.05). CW, CL, intermoult period, size increment and SGR did not differ between sexes (P > 0.05), with logistic equations expressed as CW = 32.81 (1+exp (1.481 0.031t))-1 for males and CW = 34.07 (1+exp (1.516 0.027t))-1 for females. Yet, breakpoint analyses indicated dissimilar sizes for structural maturity (male: 28.40 mm CW; female: 16.84 mm CW). These patterns reflect a shorter life span for this species in comparison to what has been reported for other trichodactylid relatives. This can have implications for P. dentata populations residing in anthropogenically disturbed habitats; thus, highlighting the need for conservation strategies to ensure preservation of native wild stock.
Resumo O Poppiana dentata (Randall, 1840) está amplamente distribuído nos habitats fluviais de Trinidad. Existem, porém, poucas informações sobre a biologia dessa espécie. Este estudo fornece a primeira análise de referência que descreve aspectos do crescimento do P. dentata. Caranguejos jovens foram obtidos a partir de fêmeas em desova na região noroeste de Trinidad. A largura da carapaça (LC), o comprimento da carapaça (CC), a incidência de muda, o período de intermuda e aspectos qualitativos foram registrados para caranguejos (N = 23) ao longo de mais de nove meses. A LC, o CC e o período de intermuda foram utilizados para obter o aumento porcentual, a taxa específica de crescimento (TEC), e o tamanho na maturidade estrutural para os dois sexos. Curvas de crescimento e equações logísticas foram também geradas para cada sexo. Os caranguejos que nasceram (com largura de carapaça 5 mm) apresentaram um endurecimento rápido depois de sua primeira muda, o que indica uma rápida rotação dos ciclos de muda. A TEC e o aumento da porcentual da LC foram também os mais altos para esta muda inicial (P 0,05). Não houve variação da LC, CC, do período de intermuda, aumento do tamanho e da TEC entre os sexos (P > 0,05), e as equações logísticas foram expressas como: LC = 32,81 (1+exp (1,481 0,031t))-1 para machos, e LC = 34,07 (1+exp (1,516 0,027t))-1 para fêmeas. Porém, as análises de quebra indicaram tamanhos diferentes para maturidade estrutural (LC para macho: 28,40; para fêmea: 16,84 mm). Esses padrões refletem um período de vida mais curto para esta espécie em comparação com o que tem sido registrado para outras famílias de Trichodactylidae. Isso pode ter implicações para as populações de P. dentata que residem em habitats modificados antropogenicamente; destaca-se, assim, a necessidade de estratégias de conservação para assegurar a preservação das populações selvagens nativas.
Biblioteca responsável: BR68.1