Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

No fitness costs are induced by Spiroplasma infections of Aphis citricidus reared on two different host plants

Guidolin, A. S.; Cônsoli, F. L..
Braz. J. Biol.; 80(2)2020.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-745621

Resumo

Abstract Aphids can harbor several secondary symbionts that alter important aphid-related ecological traits, such as defense against natural enemies, heat tolerance and host plant utilization. One of these secondary symbionts, Spiroplasma, is well known in Drosophila as a sex modulator and by interacting with the host immune system. However, little is known on the effects of Spiroplasma on aphids, such as its influence on the host immune defense against fungi and on host plant utilization. Aphid infections by Spiroplasma are known to be low and few aphid species were reported to be infected with this secondary symbiont, however aphids belonging to the genus Aphis in neotropical regions show high infection rates by Spiroplasma. Thus, we investigated the association of Spiroplasma with the tropical aphid Aphis citricidus through comparative biology experiments on two host plants with different nutritional value to the aphid. We demonstrate Spiroplasma induced no significant fitness costs to A. citricidus on either host plant as no changes in the fitness traits we assessed were observed. Spiroplasma infection only induced sutle changes on host longevity and fecundity. Therefore, we concluded Spiroplasma established a neutral interaction with A. citricidus under the selection pressure we tested, and argue on stress conditions that could better demonstrate the role of Spiroplasma in A. citricidus bioecology and associated costs involved.
Resumo Pulgões podem abrigar vários simbiontes secundários que alteram características ecológicas importantes, como defesa contra inimigos naturais, tolerância ao calor e utilização da planta hospedeira. Um desses simbiontes secundários, Spiroplasma, é estudado em Drosophila por alterar a razão sexual e interagir com o sistema imunológico do hospedeiro. No entanto, pouco se sabe sobre os efeitos do Spiroplasma em pulgões, como sua influência na defesa contra fungos entomopatogénicos ou na utilização da planta hospedeira, por exemplo. Spiroplasma foi identificado em poucas espécies de pulgão e geralmente em baixa densidade, contudo pulgões pertencentes ao gênero Aphis em regiões neotropicais apresentam altas taxas de infecção por Spiroplasma. Assim, investigamos a associação entre Spiroplasma e o pulgão neotropical Aphis citricidus por meio de biologia comparativa em duas plantas hospedeiras com diferentes valores nutricionais para o pulgão. Spiroplasma não causou custo adaptativo significativo para A. citricidus em ambas planta hospedeira. A infecção por Spiroplasma induziu apenas pequenas mudanças na longevidade e fecundidade do hospedeiro. Portanto, concluímos que Spiroplasma estabeleceu uma interação neutra com A. citricidus sob ausência de pressão de seleção. Entretanto, discutimos sobre condições de estresse que possam demonstrar o papel de Spiroplasma na bioecologia de A. citricidus e os possíveis custos envolvidos.
Biblioteca responsável: BR68.1