Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Susceptibility of soybean looper to lufenuron and spinosad

Queiroz, Lucas Ferraz de; Corassa, Janaina De Nadai; Rodrigues, Sandra Maria Morais; Pitta, Rafael Major.
Arq. Inst. Biol.; 872020.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-745708

Resumo

ABSTRACT: The soybean looper (Chrysodeixis includens) is an important defoliation pest in crops such as soybean and cotton in Brazil. Its main control tactic is chemical insecticides. Considering the importance of chemical control for this pest, monitoring the susceptibility of C. includens populations is strategic for an efficient Insect Resistance Management. Therefore, the objective of this study was to evaluate the susceptibility levels of C. includens populations in the state of Mato Grosso - Brazil to lufenuron and spinosad. Seven populations were collected in soybean fields around the state. For the bioassays, early L3 larvae were exposed to insecticides using the diet-overlay method. Although the compounds have distinct modes of action, Tangará da Serra population had the highest resistance ratios for lufenuron (11.62) and spinosad (7.84), compared to laboratory population (susceptibility reference). Even with low resistance levels, it is necessary to maintain regional monitoring of C. includens susceptibility to the evaluated insecticides, as well as to extend the range of molecules monitored.
RESUMO: A lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens) é uma importante praga desfolhadora em culturas como soja e algodão no Brasil e seu principal método de controle é o uso de inseticidas químicos. Considerando a importância do controle químico para essa praga, o monitoramento da suscetibilidade de populações de C. includens é estratégico para um eficiente programa de Manejo da Resistência de Insetos. Portanto, objetivou-se com este estudo avaliar os níveis de suscetibilidade de populações de C. includens no estado de Mato Grosso, Brasil, aos inseticidas lufenurom e espinosade. Sete populações foram coletadas em cultivos de soja ao longo do estado. Para os bioensaios, lagartas em terceiro ínstar foram expostas aos inseticidas utilizando o método de contaminação superficial de dieta. Embora os compostos apresentem modos de ação distintos, a população de Tangará da Serra obteve as maiores razões de resistência para lufenurom (11,62) e espinosade (7,84) em relação à população de laboratório (referência de suscetibilidade). Apesar dos níveis de resistência terem sido baixos, é necessário manter a manutenção do monitoramento dos níveis de suscetibilidade aos inseticidas avaliados, assim como ampliar a gama de moléculas monitoradas.
Biblioteca responsável: BR68.1