Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Forage production in a natural grassland with limestone and phosphorus dosages / Produção de forragem em pastagem natural submetida a aplicações de calcário e fósforo

Prestes, Nelson Eduardo; Amarante, Cassandro Vidal Talamini do; Pinto, Cassiano Eduardo; Prestes, Gabriel; Zanini, Guilherme Doneda; Medeiros-Neto, Cauby; Sbrissia, André Fischer.
Semina Ci. agr.; 37(5): 3265-3276, Sept.-Oct.2016. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-745812

Resumo

The objective of this study was to assess forage production in a natural grassland by applying different doses of limestone and phosphorus, and the influence of these applications on soil profile. The treatments consisted of the application of limestone doses of 0.0, 7.2, and 14.4 t ha-1 and phosphorus doses of 0,35, 70, and 140 kg of P2O5 ha-1 on the soil surface. The experiment was conducted in a randomized complete block design with split-plots and three replications. The limestone doses were distributed in the main plot and applied only at the beginning of the experiment, whereas the phosphorus doses were distributed in the subplots with subsequent annual maintenance applications. Was used a ruler (cm) for monitoring the growth of pastures and, when grasses reached an average height of 20 cm, forage samples were collected in each subplot and botanical and morphological components were separated and dried until a constant weight was achieved. In the third and fourth assessment years, soil samples were collected in the 0-5, 5-10, 10-15, and 15-20-cm layers to evaluate the influence of treatments on the chemical properties of the soil. The variables analyzed were related to the production of several components, including fodder, native grasses, leguminous plants, unwanted plants, and dead material, in addition to soil properties such as pH, exchangeable aluminum concentration, and base saturation. There was no interaction between the limestone and phosphorus treatments. The effect of limestone doses on forage production was assessed in the third year, and, in the following year, the intermediate dose of limestone (7.2 t ha-1) produced the highest yield (2,316.1 kg of dry matter [DM] of forage ha-1). (AU)
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de forragem em pastagem natural submetida a doses superficiais de calcário e fósforo e a influência dessas aplicações ao longo do perfil do solo. Os tratamentos consistiram da aplicação de doses superficiais de calcário equivalentes a 0,0; 7,2 e 14,4 t.ha-1 e de fósforo equivalentes a 0; 35; 70 e 140 kg de P2O5 ha-1. O experimento foi conduzido de acordo com um delineamento em blocos completos casualizados com parcelas subdivididas e três repetições. As doses de calcário foram distribuídas na parcela principal e aplicadas unicamente no início do experimento enquanto que as doses de fósforo foram distribuídas nas subparcelas com posteriores aplicações anuais de manutenção. O acompanhamento do crescimento dos pastos foi realizado por meio de uma régua graduada em centímetros e, quando os pastos atingiam altura média de 20 cm, eram coletadas amostras de forragem de cada subparcela e posteriormente os componentes botânicos e morfológicos eram separados e secos até atingirem peso constante. No 3 e 4 ano de avaliação foram coletadas amostras de solo nas camadas de 0-5, 5-10, 10-15 e 15-20 cm de profundidade para verificar a influência dos tratamentos nos atributos químicos do solo. As variáveis analisadas envolveram desde a produção de forragem, de gramíneas e leguminosas nativas, de plantas indesejáveis e de material morto e atributos do solo como pH, concentração de alumínio trocável e saturação por bases. Não houve interação entre os tratamentos de calcário e fósforo. O efeito das doses de calcário sobre a produção de pastagem natural ocorreu a partir do 3º ano e, no ano seguinte, a dose intermediária do corretivo (7,2 t.ha-1) foi responsável pelas maiores produtividades (2.316,1 kg de MS de forragem.ha-1). As crescentes doses de fósforo aumentaram a produção de forragem a partir do 2° ano, atingindo produções de até 2.232 kg MS.ha-1 no 4° ano.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1