Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Predação de ovócitos de Piaractus mesopotamicus (pacu-caranha) por Macrobrachium amazonicum em condições laboratoriais / Oocytes predation of Piaractus mesopotamicus (pacu-caranha) by Macrobrachium amazonicum, under laboratory conditions

Silva, Thiago Elias da; Taddei, Fabiano Gazzi.
B. Inst. Pesca; 40(2): 207-214, Abr-Jun. 2014. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-745861

Resumo

The preference of predation on oocytes of Piaractus mesopotamicus, commonly known as Pacu-caranha, by the prawn Macrobrachium amazonicum, under laboratory conditions, was evaluated regarding to other food items. The prawns were collected with sieves, placed below the underwater vegetation, and maintained in aquarium (12 L each) at a density of 10 individuals/aquarium for acclimatization. Oocytes (O) of P. mesopotamicus were obtained from the disposal of artisanal fishery. Artificial feed (R), fish muscle (M), organic matter accumulated in roots of Salvinia sp. (S) and plant organic matter in decomposition (MV) items were used to compare the preference by M. amazonicum. In all experiments the average of the prawns preying oocytes were higher; significant differences were detected only when comparing O/P and O/M. The preference for oocytes may be due to the presence of yolk, which has a high nutritional value and easy assimilation, in contrast to others items, which resent certain rigidity. This prawn species is exotic on site and the results of this study shows a possible environmental impact on P. mesopotamicus in the region.(AU)
Este estudo foi realizado com o objetivo de registrar a ocorrência de predação de ovócitos de Piaractus mesopotamicus, popular pacu-caranha, pelo camarão Macrobrachium amazonicum, em condições laboratoriais, avaliando sua preferência alimentar em relação a outros itens. Os camarões foram coletados com peneiras, colocadas abaixo da vegetação subaquática, e mantidos em aquários (12 L), a uma densidade de 10 camarões em cada aquário, para aclimatação. Os ovócitos (O) de P. mesopotamicus foram obtidos do descarte da pesca artesanal. Os itens: ração (R), músculo de peixe (M), matéria orgânica acumulada em raiz de Salvinia sp. (S) e matéria vegetal em decomposição (MV) foram utilizados para comparação da preferência por M. amazonicum. Os experimentos evidenciaram que as médias de camarões predando ovócitos foram maiores, sendo significativamente maiores nos tratamentos O/M e O/MV. A preferência pelos ovócitos pode ter ocorrido devido à grande presença de vitelo, que apresenta alto valor nutritivo e fácil assimilação em comparação aos outros itens, que apresentam maior rigidez. A espécie de camarão é exótica no local e o resultado do estudo, evidencia um possível impacto ambiental sobre P. mesopotamicus na região.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1