Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Absence of Trichinella spiralis in swine carcasses slaughtered in the Midwestern region of Paraná state, Brazil / Ausência de Trichinella spiralis em carcaças de suínos abatidos na região Centro-Oeste do estado do Paraná, Brasil

Siqueira, Amanda Keller; Silva, Vanessa Gomes da; Ferro, Isabelle Dangui; Freitas, Ricardo Antonio; Giesel, Alexandre.
Semina Ci. agr.; 41(3): 1073-1078, May-June 2020.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-746024

Resumo

Trichinella spiralis causes severe infections in humans, resulting in various clinical symptoms and even death, in several countries worldwide. Human trichinellosis has been reported in 55 countries, and mainly affects certain ethnic groups and tourists. It is caused by the ingestion of raw, undercooked meat or pork, or their by-products containing parasitic larvae. Infections in swine especially occur due to the parasitic contamination of food containing animal products, predation by rodents and other animals infected with T. spiralis, and due to the frequent habit of cannibalism in intensive production systems. This study aimed to evaluate the prevalence of T. spiralis in pig carcasses from a slaughterhouse located in the midwestern region of Paraná State, Brazil. Pools of 100 g of diaphragm, containing at least 1 g of tissue from each test animal, were collected, ground, and subjected to acid digestion with pepsin (1:10,000) and 25% hydrochloric acid. Sampling was performed in accordance to the methodology recommended by the European Union. All the 735,902 samples collected between 2010 and 2013, and in 2018, were negative for Trichinella spp. larvae. The pigs came from 483 farms from 90 municipalities from the three states of southern Brazil (Paraná, Santa Catarina and Rio Grande do Sul). The absence of the parasite in different animal species, reported by surveys conducted in Brazil, could confirm the country as free from trichinellosis. Although T. spiralis is not endemic to Brazil, it is necessary to subject the meat of adult pigs slaughtered here and exported to other countries to inspections and parasitological examinations. It is therefore necessary to continually inspect pig carcasses for T. spiralis in slaughterhouses worldwide.(AU)
Trichinella spiralis causa infecções graves em humanos, resultando em vários sintomas clínicos e até morte, em vários países do mundo. A triquinelose humana foi relatada em 55 países e afeta principalmente certos grupos étnicos e turistas. É causada pela ingestão de carne crua ou malpassada, ou seus subprodutos contendo larvas parasitas. As infecções em suínos ocorrem principalmente devido à contaminação parasitária de alimentos contendo produtos de origem animal, predação de roedores e outros animais infectados com T. spiralis, além do hábito frequente de canibalismo em sistemas de produção intensiva. Este trabalho objetivou avaliar a prevalência de T. spiralis em carcaças de suínos de um abatedouro localizado na região centro-oeste do Estado do Paraná. Conjuntos de 100 g de diafragma, contendo pelo menos 1 g de tecido de cada animal testado, foram coletados, triturados e submetidos a digestão ácida com pepsina (1:10.000) e ácido clorídrico a 25%. A amostragem foi realizada de acordo com a metodologia recomendada pela União Europeia. Todas as 735.902 amostras coletadas entre 2010 e 2013, e em 2018, foram negativas para larvas de Trichinella spp. Os suínos foram provenientes de 483 fazendas, de 90 municípios, dos três estados do sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). A ausência do parasita em diferentes espécies animais, relatada por pesquisas realizadas no Brasil, poderia confirmar o país como livre de triquinelose. Embora T. spiralis não seja endêmica no Brasil, é necessário submeter a carne de suínos adultos abatidos aqui e exportados para outros países, a inspeções e exames parasitológicos. É, portanto, necessário inspecionar continuamente carcaças de suínos para T. spiralis em abatedouros de todo o mundo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1