Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morphological and morphometric characteristics, drying rate, and chemical composition of forage grasses grown for hay production / Caracterização morfológica, desidratação e composição química de gramíneas forrageiras para produção de feno

Nascimento, Keuven dos Santos; Edvan, Ricardo Loiola; Ezequiel, Francigefeson Linhares dos Santos; Azevedo, Felipe Luênio de; Barros, Lucas de Souza; Araújo, Marcos Jácome de; Bezerra, Leilson Rocha; Biagiotti, Daniel.
Semina Ci. agr.; 41(3): 1037-1046, May-June 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-746031

Resumo

The objective of this study is to characterize six forage grass cultivars used for hay production. The morphological and morphometric characteristics of these cultivars were determined using a completely randomized block design, and the rates of loss of dry matter and crude protein (CP) were evaluated using a completely randomized design with a 6 x 5 factorial scheme (six cultivars vs. five drying periods [0, 1, 2, 3 and 4 hours]) and three repetitions. Morphological and morphometric characteristics and the chemical composition of the cultivars were analyzed using the Scott-Knott test, and the drying time was assessed using linear regression analysis at a level of significance of 5%. There was a significant effect (p < 0.05) of morphological and morphometric characteristics, except for stem thickness (p=0.1) and the live-to-dead biomass ratio (p=0.27). The Massai cultivar presented a higher leaf to stem ratio (1.23 ± 0.60). There was an increased linear response (p < 0.05) for the rate of water loss in the six evaluated cultivars. The Massai cultivar had a safe storage moisture content (80% dry matter) after 3 hours and 11 minutes of sun exposure, and the drying rate was 10.34% per hour of sun exposure. The cultivars Paredão and Marandú showed a decreasing linear effect of CP content across the harvest period, corresponding to 22.07% and 21.38 ± 0.55% in fresh plants, respectively, and 20.13% and 18.11 ± 0.55% after 4 hours of sun exposure, respectively. The Massai cultivar had the most efficient rate of water loss, reaching a safe storage moisture content in 3 hours and 6 minutes, with a CP content of 18.63%.(AU)
Este trabalho objetiva a caracterização de seis cultivares de gramíneas forrageiras para a produção de feno. Na determinação dos componentes morfológicos e morfométricos dos seis cultivares de gramíneas forrageiras foi utilizado delineamento inteiramente casualizado, e para curva de desidratação da matéria seca e da perda de proteína bruta utilizou-se delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 x 5, onde os fatores corresponderam aos seis cultivares e cinco tempos de desidratação (0, 1, 2, 3 e 4 horas), ambos utilizaram três repetições. Para análise dos dados das características morfogênicas, morfométricas e composição química dos cultivares foi utilizado o teste de Scott Knott e para análise no tempo de desidratação foi utilizado análise de regressão linear, todos a 5% de probabilidade. Houve efeito significativo (P < 0,05) para as análises morfométricas e morfológicas, exceto para as variáveis espessura de colmo (EC) (P=0,1) e relação matéria verde/matéria morta (P=0,27). Para relação lâmina foliar/colmo o capim-massai apresentou maior valor de lâmina foliar em relação ao colmo de 1,23±0,60. É possível observar resposta linear crescente (p < 0,05) para curva de desidratação dos 6 cultivares estudados neste experimento. O capim-massai atingiu ponto de feno (80% matéria seca) após 3 horas e 11 minutos de exposição ao sol, e taxa de desidratação com aumento de 10,34% de matéria seca por hora. Em relação ao teor de proteína bruta (PB) na desidratação, os capins paredão e marandú apresentam efeito linear decrescente para os períodos de coleta, onde o material in natura apresentaram 22,07 e 21,38±0,55% e após 4 horas de exposição ao sol apresentaram 20,13 e 18,11±0,55% respectivamente. O capim-massai foi o mais eficiente para desidratação, atingindo o ponto de feno em 3 horas e 6 minutos, com teor de PB de 18,63%.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1