Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Chemical composition, aerobic stability, and fermentation pattern of white oat silage wilted with glyphosate / Composição química, estabilidade aeróbia e padrão fermentativo de silagens de aveia branca dessecadas com glifosato

Bueno, Antonio Vinicius Iank; Jacovaci, Fernando Alberto; Ribeiro, Matheus Gonçalves; Jobim, Clóves Cabreira; Daniel, João Luiz Pratti; Tres, Tamara Tais; Rossi, Robson Marcelo.
Semina Ci. agr.; 41(3): 971-984, May-June 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-746037

Resumo

White oat has good nutritional quality but is not an easy forage to ensile due to its high buffer capacity and moisture content at ensiling moment. Therefore, wilting is necessary to offset such negative aspects. However, this process demands skilled workforce and adequate machinery. In this way, chemical desiccation is a promising technology to reduce the steps needed for wilting. Thus, we aimed to evaluate the effects of glyphosate as a chemical desiccant on the nutritional quality, fermentation pattern, losses, and aerobic stability of wilted white oat (Avena sativa) silages. White oat sowing occurred in the first fortnight of May 2013. Desiccant application took place when oat reached milky-dough grain stage (96 days after planting). Glyphosate doses evaluated were 0, 500, 750, 1000, and 1250 mL ha-1. Three days after desiccation, all treatments were ensiled, and the silos were stored for 150 days. A completely randomized design was used, and all statistical procedures were performed by means of Bayesian Inference. No differences were found for lactic acid, but treated-silage pH linearly decreased. The lowest concentration of butyric acid (3.40 mg kg-1) was observed at 900.80 mL ha-1. For ammonia, the highest point (50 g kg-1) occurred at 916.51 mL ha-1. Aerobic stability was not influenced by treatments. Maximum dry matter recovery index (934 g kg-1) was observed at 864.20mL ha-1 glyphosate. Wilted forage from treatments 500 mL ha-1, 750 mL ha-1, and 1000 mL ha-1 had greater dry matter content compared to control (320.1, 326, 301.3, and 270.7 g kg-1 respectively). Hemicellulose linearly decreased and crude protein linearly increased. The lowest concentrations of neutral detergent fiber (642.8 g kg-1) and neutral-detergent insoluble nitrogen (2.30 g kg-1) occurred at doses of 1141.32 mL ha-1 and 829.14 mL ha-1, respectively. In brief, for wilted white oat silage production, harvested at milky-dough grain stage, glyphosate application...(AU)
A aveia branca (Avena sativa) apresenta boa qualidade nutricional, contudo, devido à sua alta capacidade tampão e elevado teor de umidade no momento do corte, acaba por dificultar o processo de conservação como silagem. Dessa forma, a pré-secagem é necessária para compensar os aspectos negativos relacionados à ensilagem da aveia. No entanto, a pré-secagem exige mão-de-obra qualificada bem como maquinário específico. Desta forma, a dessecação química é uma tecnologia promissora, reduzindo as etapas necessárias para a pré-secagem, facilitando o processo. Sendo assim, objetivou-se foi avaliar os efeitos do uso do glifosato na pré-secagem da avia branca sobre a qualidade nutricional, padrão de fermentativo e perdas bem como na estabilidade aeróbia das silagens resultantes. A semeadura de aveia branca ocorreu na primeira quinzena de maio de 2013. A aplicação do dessecante ocorreu quando a aveia atingiu o estágio de grãos leitoso/pastoso (96 dias após o plantio). As doses de glifosato avaliadas foram 0, 500, 750, 1000 e 1250 mL ha-1. Três dias após a dessecação, todos os tratamentos foram ensilados e os silos foram armazenados por 150 dias. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado e todos os procedimentos estatísticos foram realizados por meio da inferência bayesiana. Não foram encontradas diferenças para as concentrações de ácido láctico, no entanto, o pH diminuiu linearmente nas silagens tratadas. A menor concentração de ácido butírico (3,40 mg kg-1) foi observada para a dosem de 900,80 mL ha-1. A maior concentração de amônia (50 g kg-1) foi encontrada na dosem de 916,51 mL ha-1. A estabilidade aeróbica não foi influenciada pelos tratamentos neste estudo. O maior índice de recuperação de matéria seca (934 g kg-1) foi observado para a dosem de 864,20 mL ha-1 de glifosato. As silagens provenientes dos tratamentos 500 mL ha-1, 750 mL ha-1 e 1000 mL ha-1 apresentaram...(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1