Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The acetylcholinesterase as indicative of intoxication for pesticide in farmers of conventional and organic cultivation

Alves, H. H. F.; Silva, A. T.; Pavão, J. M. S. J.; Matos-Rocha, T. J.; Souza, M. A.; Costa, J. G.; Fonseca, S. A.; Pires, L. L. S.; Faé, J.; Santos, A. F..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-746103

Resumo

Abstract In this sense the objective of assessing the levels of pesticide poisoning in rural farmers of San Sebastian and take AL, using acetylcholinesterase enzymes Erythrocyte and plasma as biological indicator of intoxication. This is a prospective, transversal and descriptive variables analyzed were: year whose, sex, age group, education, location, condition, route of exposure. The data were acquired by collecting blood samples and socio demographic information of farmers. Was put as the determining factor the type of conventional and organic farming, and periods of drought and rainy. 56 volunteers were analyzed. The analyses were performed in the automatic biochemical Analyzer Cobas Integra 400 plus®. According to the results of the analyses, it was the largest number of individuals with reduced values of cholinesterase, specifically the Group of conventional farming, the period of greatest change index was in the rainy season, where the activity of AChE, expressive values presented in the city of São Sebastião, with 80% result of intoxicated, in the city of the foot take, 21.73% over the same period. On analysis of the AChP, São Sebastião has obtained the highest number of contaminated with 18.75% and 30% respectively, in the District Take Foot stood between 10 and 21.73% of reduced levels of cholinesterase. This sets the organic system of cultivation, as the best alternative for prevention of future diseases, in addition to bringing quality of life for rural workers, as well as for consumers.
Resumo Nesse sentido objetivou-se avaliar os níveis de intoxicação por agrotóxicos em agricultores rurais de São Sebastião e Pé Leve - AL, utilizando as enzimas acetilcolinesterase Eritrocitária e Plasmática, como indicador biológico de intoxicação. Trata - se de um estudo prospectivo, transversal e descritivo cujas variáveis analisadas foram: ano, sexo, faixa etária, escolaridade, local, circunstância, via de exposição. Os dados foram adquiridos através da coleta das amostras de sangue e das informações sócio demográficas dos agricultores. Foi posto como fator determinante o tipo de cultivo convencional e orgânico, e os períodos de estiagem e chuvoso. Foram analisados 56 voluntários. As análises foram realizadas no analisador automático de bioquímica Cobas Integra® 400 plus. De acordo com os resultados das análises, percebeu-se maior número de indivíduos com valores diminuídos da colinesterase, especificamente no grupo de cultivo convencional, o período de maior índice de alteração foi na época chuvosa, onde a atividade da AChE, apresentou valores expressivos na cidade de São Sebastião, com resultado de 80% de intoxicados, na cidade do Pé Leve, obteve-se 21,73% no mesmo período. Na análise da AChP, São Sebastião obteve maior número de contaminados com 18,75% e 30% respectivamente, já no Distrito Pé Leve ficou entre 10 e 21,73% de níveis diminuídos da colinesterase. Isso define o sistema orgânico de cultivo, como a melhor alternativa para prevenção de futuras patologias, além de trazer qualidade de vida para os trabalhadores rurais, como também para os consumidores.
Biblioteca responsável: BR68.1