Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Masculinization in common carp (Cyprinus carpio) by androgen immersion: The interaction effect of hormone concentration and immersion time

Asad, F.; Qamer, S.; Ashraf, A.; Ali, T.; Shaheen, Z.; Akhter, S.; Nisar, A.; Parveen, A.; Cheema, N.; Mustafa, G..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-746119

Resumo

Abstract Synthetic androgens (male hormones) administered to fish nursery are being used in aquaculture to avoid sexual differentiation and unwanted spawning at the eggs or the first feeding fry stage of fish. Present trial was conducted with the aim to produce male common carp (Cyprinus carpio) by egg immersion technique. Through this little insight, the effect of different hormone concentrations (17-methyltestosterone @ HC:150, 300, 450 and 600 µgl-1) with immersion times (IT: 24, 48 and 72 hrs) and their interaction effect (HC x IT) on the hatching percentage of Cyprinus carpio eggs, percent survival and percent of males production was evaluated specifically. Results showed that egg hatching percentage decreased with increased IT likewise, survival of treated fry was affected by increasing the IT (P 0.001). The main interaction effect of HC x IT showed that the highest percent of male individuals (95%) was obtained at 450-600 µgl-1 HC for 72 hrs IT, followed by 88-92.50% at 150-300 µgl-1 HC for 72-hrsof IT, 87.50% at 48-hrs of IT for rest of the hormone treatments, and lowest 47.50% was recorded in control (P 0.05). Increased percent male of Cyprinus carpio was obtained with increasing HC across all ITs. It was observed that the immersion treatment at 600µgl-1 for 72 hours was more effective to change the sex ratio of pre hatch Cyprinus carpio. A comparative outlook made from this experimental trial that sex induction of Cyprinus carpio by eggs immersion using synthetic male steroid hormone is an alternative safe technique of fish sex reversal in contrast to oral administration of hormone in fish feed.
Resumo Andrógenos sintéticos (hormônios masculinos) administrados ao viveiro de peixes estão sendo usados na aquicultura para evitar a diferenciação sexual e a desova indesejada nos ovos ou no primeiro estágio de alimentação dos peixes. O presente estudo foi conduzido com o objetivo de produzir carpa comum masculina (Cyprinuscarpio) pela técnica de imersão em ovos. Com essa pequena percepção, o efeito de diferentes concentrações hormonais (17-metiltestosterona @ HC: 150, 300, 450 e 600 µgl-1) com tempos de imersão (IT: 24, 48 e 72 horas) e seu efeito de interação (HC x IT) na porcentagem de eclosão dos ovos de Cyprinuscarpio, a porcentagem de sobrevivência e a porcentagem da produção masculina foram avaliadas especificamente. Os resultados mostraram que a porcentagem de incubação de ovos diminuiu com o aumento da TI da mesma forma, a sobrevivência dos alevinos tratados foi afetada pelo aumento da TI (P 0,001). O principal efeito de interação do HC x IT mostrou que o maior percentual de indivíduos do sexo masculino (95%) foi obtido com 450-600 µgl-1 HC por 72 horas de TI, seguido por 88-92,50% com 150-300 µgl-1 HC para 72 horas de TI, 87,50% às 48 horas de TI para o restante dos tratamentos hormonais, e 47,50% mais baixos foram registrados no controle (P 0,05). A porcentagem aumentada de macho de Cyprinuscarpio foi obtida com o aumento do HC em todas as TIs. Observou-se que o tratamento de imersão a 600µgl-1 por 72 horas foi mais efetivo na alteração da razão sexual do Cyprinuscarpio antes da eclosão. Uma perspectiva comparativa feita a partir deste ensaio experimental de que a indução sexual de Cyprinuscarpio por imersão de ovos usando hormônio esteróide masculino sintético é uma técnica alternativa segura de reversão do sexo em peixes, em contraste com a administração oral de hormônio na alimentação de peixes.
Biblioteca responsável: BR68.1