Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Frequency of enteroparasitic infections and serum positivity for Toxocara spp. in children from a public day care center in Southern Brazil / Frequência de enteroparasitos e de soropositividade para Toxocara spp. em crianças de uma creche pública do Sul do Brasil

Araújo, G. M. S; Walcher, D. L; Previtali, I. F; Lehman, L. M; Costa, M. P; Susin, L. O; Avila, L. F. C; Scaini, C. J.
Braz. J. Biol.; 80(2): 305-310, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-746165

Resumo

Introduction Day care centers play an important social role in childrens early education and development. The objective of this study was to investigate the frequency of intestinal parasitic infections and infection with Toxocara spp. in children from a day care center in the city of Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brazil. Methods: The study was conducted using fecal samples from 50 children, ages three to six years, using Ritchie, Faust, Rugai, and Kinyouns techniques. A closed and structured epidemiological questionnaire was used to collect data from the parents/guardians of the children. Serological studies for detection of antibodies to Toxocara spp. by immunoenzymatic assays using Toxocara excretion and secretion antigen (TES) were conducted on sera collected from 41 children. Results: The frequency of enteroparasites was 18%, with 43.9% of the children testing seropositive for Toxocara spp. Low family income and low literacy levels of parents/guardians were common factors between the families of the parasite-positive children. For the children who tested positive for Toxocara spp., most of the parents/guardians reported using only water for sanitizing raw vegetables and fruits. Conclusions: The high seropositivity rates for Toxocara spp. indicate that children were exposed to this parasite, and it is important to reduce the risk of infection. In addition, the seropositivity for enteroparasites and the interviews with the parents/guardians indicate the need to educate the studied population regarding the modes of intestinal parasite transmission and the prophylactic measures needed to prevent their dissemination.(AU)
Introdução As creches desempenham um importante papel social na educação e desenvolvimento inicial das crianças. O objetivo deste estudo foi investigar a frequência de infecções parasitárias intestinais, além de infecção por Toxocara spp. em crianças de uma creche na cidade do Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil. Métodos: Para o estudo, foram coletadas amostras fecais de 50 crianças de três a seis anos, analisadas pelas técnicas de Ritchie, Faust, Rugai e Kinyoun, sendo aplicado um questionário epidemiológico fechado e estruturado aos pais/responsáveis das crianças. Também foi realizada uma pesquisa sorológica de anticorpos para Toxocara spp. em 41 crianças, pelo ensaio imunoenzimático, associado ao antígeno de excreção e secreção (ES), com soros pré-adsorvidos com antígeno somático de Ascaris lumbricoides. Resultados: A frequência de enteroparasitos foi de 18%, enquanto que 43.9% das crianças foram soropositivas para Toxocara spp.. Baixa renda familiar e baixo nível de alfabetização dos pais/responsáveis foram fatores comuns entre as famílias das crianças parasitadas. A maioria dos pais ou responsáveis das crianças, com diagnóstico positivo para enteroparasitos ou para Toxocara spp., relatou utilizar apenas água para a higienização de verduras e frutas. Conclusões: As altas taxas de soropositividade para Toxocara spp. indicam que as crianças foram expostas a esse parasito, sendo importante minimizar o risco de infecção. Além disso, a positividade de 18% para enteroparasitos e os dados obtidos com as entrevistas realizadas com os pais ou responsáveis demonstram a necessidade da realização de trabalhos com a população estudada que visem a divulgação sobre as parasitoses intestinais, especialmente sobre medidas profiláticas especificas.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1