Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effects of ethyl-cyanoacrylate and octyl-cyanoacrylate on experimental corneal lesions in rabbits / Efeitos do etil-cianoacrilato ou do octil-cianoacrilato sobre lesões corneais experimentais em coelhos

Barbosa, V. T; Thiesen, R; Soares, E. G; Machado, M. R. F; Laus, J. L.
Arq. bras. med. vet. zootec; 61(5): 1067-1076, Oct. 2009. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-7506

Resumo

The use of ethyl-cyanoacrylate and octyl-cyanoacrylate were clinically and histopathologically compared on the corneas of 36 rabbits after lamellar keratectomy (standardized diameter and depth). The animals were distributed into two groups, one for each type of adhesive. From each group, six subgroups were histopathologically evaluated on the 3rd, 7th, 14th, 21st, 30th, and 60th day post-operative. General (daily) and ophthalmic (days 0, 1, 3, 5, 7, 14, 21, 30, 44, and 60) evaluations clinically indicated that there were significant differences for the variables water intake, attitude, blepharitis, corneal edema, and fluorescein test. The adhesive permanence time for octyl-cyanoacrylate (17.22 days) was greater than that for ethyl-cyanoacrylate (7.66 days). With respect to the histopathological evaluation, corneal epithelization and collagen organization occurred without severe complications. However, treatment with ethyl-cyanoacrylate led to a moderate inflammatory reaction in the initial phases. With octyl-cyanoacrylate, re-epithelization and collagen organization proceeded more slowly with a discrete inflammatory reaction in the initial phases. From clinical and histopathologic points of view, octyl-cyanoacrylate showed advantages over ethyl-cyanoacrylate, whereas wound healing was achieved in both groups without major complications.(AU)
Comparou-se o uso do etil-cianoacrilato e do octil-cianoacrilato em córneas de 36 coelhos após ceratectomia lamelar (diâmetro e profundidade padronizados). Os animais foram distribuídos em dois grupos, segundo o tipo de adesivo, e redistribuídos em seis subgrupos com três animais cada, para as avaliações histológicas aos 3, 7, 14, 21, 30 e 60 dias de pós-operatório. As avaliações clínicas gerais (diárias) e as oftálmicas (dias 0, 1, 3, 5, 7, 14, 21, 30, 44 e 60), indicaram diferença entre os dois grupos, quanto ao consumo de água, atitude, blefarite, edema da córnea e teste da fluoresceína. O Tempo de permanência, sobre o leito corneal, do adesivo octil-cianoacrilato (17,22 dias), foi maior que o do etil-cianoacrulato (7,66 dias). A histopatologia, para ambos os grupos, mostrou que a re-epitelização e a organização do colágeno ocorreram sem graves intercorrências. O grupo tratado com o etil-cianoacrilato apresentou, nas fases iniciais, reação inflamatória mais evidente que o tratado com octil-cianoacrilato. Neste, a re-epitelização e a organização do colágeno ocorreram mais lentamente e com reação inflamatória discreta. Sob os pontos de vista clínico e de avaliação histológica simples, os resultados mostraram vantagens do octil-cianoacrilato, entretanto, a cicatrização da córnea ocorreu em ambos os grupos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1