Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect on insulin-like growth factor-1 during in vitro oocyte maturation and in vitro culture of bovine embryos / Efeito do fator de crescimento semelhante à insulina-1 durante a maturação in vitro dos oócitos e cultivo in vitro de embriões bovinos

Quetglas, M. D; Coelho, L. A; Garcia, J. M; Oliveira Filho, E. B; Esper, C. R.
Arq. bras. med. vet. zootec; 53(2): 207-211, abr. 2001. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-7551

Resumo

The effects of insulin-like growth factor-I (IGF-I) on in vitro maturation (IVM) (experiment I) and on in vitro embryo development (experiment II) of bovine oocytes fertilized in vitro, were evaluated in terms of cleavage (CR), blastocyst (BR) and hatching (HR) rates. For IVM, immature cumulus-oocyte complexes were cultured in TCM-199 medium supplemented with Hepes, sodium bicarbonate, sodium pyruvate, additives, fetal calf serum (B-199 medium) and gonadotropins (14 U/ml PMSG and 7 U/ml hCG). For embryo development, the oocytes/zygotes were cultured in B-199 medium with bovine oviduct epithelial cells in suspension under silicon oil. Treatments for in vitro culture conditions for both experiments were: 1- B-199 + 200 ng/ml IGF-I; 2- B-199 + 100 ng/ml IGF-I; 3- B-199 + 50 ng/ml IGF-I; 4- B-199 + 10 ng/ml IGF-I; 5- B-199 + 0 ng/ml IGF-I. All cultures were performed at 38.5oC in 5% CO2 in air and the data were analyzed by chi-square test. In experiment I, there were no differences (P>0.05) among treatments for CR, BR or HR. In experiment II, the addition of IGF-I to the embryo culture medium (ECM) resulted in a significant increase in CR while for BR and HR this effect was not observed. The addition of 200 ng/ml IGF-I to ECM increased CR (71.1%) when compared to 100 ng/ml IGF-I (57.6%) or control (56.7%) groups, however, there were no differences when compared to 50 (69.4%) or 10 ng/ml (73.1%) groups. There was no beneficial effect of the addition of IGF-I in the IVM or ECM media on the in vitro development of embryos produced from oocytes matured and fertilized in vitro. (AU)
Avaliaram-se o efeito do IGF-I na maturação in vitro (MIV) (experimento I) e no desenvolvimento embrionário (DE) (experimento II) de oócitos bovinos fecundados in vitro, quanto às taxas de clivagem (TC), de blastocistos (TB) e de eclosão (TE). Para MIV, complexos cumulus-oócitos imaturos foram cultivados em meio TCM-199 suplementado com HEPES, bicarbonato e piruvato de sódio, aditivos, soro fetal bovino (meio B-199) e gonadotrofinas 14U/ml de PMSG e 7U/ml de hCG). Para o desenvolvimento embrionário, os oócitos/zigotos foram cultivados em meio B-199 com células epiteliais do oviduto bovino em suspensão sob óleo de silicone. As condições de cultivo in vitro para ambos os experimentos seguiram os tratamentos: 1- meio B-199 + 200 ng/ml IGF-I; 2- B-199 + 100 ng/ml IGF-I; 3- B-199 + 50 ng/ml IGF-I; 4- B-199 + 10 ng/ml IGF-I; 5- B-199 + 0 ng/ml IGF-I. Todas as culturas foram realizadas a 38,5° C em atmosfera com 5% de CO2 e os dados foram analisados pelo teste do qui-quadrado. No experimento I, não houve diferença (P>0,05) entre os tratamentos quanto às TC, TB e TE, quando o meio de MIV foi suplementado com IGF-I. No experimento II, a adição de IGF-I ao meio de DE resultou em aumento na TC (P<0,05) mas não influenciou a TB e a TE. A adição de 200 ng/ml de IGF-I ao meio DE melhorou a TC (71,1%) quando comparada com a TC dos grupos de 100 ng/ml de IGF-I (57,6%) ou controle (56,7%), entretanto não houve diferença quando comparada com a dos grupos de 50 ng/ml (69,4%) ou 10 ng/ml (73,1%) de IGF-I. Não houve efeito benéfico na adição de 10 a 200 ng/ml de IGF-I nos meios de MIV e de DE com relação ao desenvolvimento de embriões produzidos a partir de oócitos maturados e fecundados in vitro. (AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1