Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Forage intake and behavior of goats on Tanzania-grass pasture at two regrowth ages / Consumo de forragem e comportamento de caprinos em pasto de capim-tanzânia em duas idades de rebrotação

Rodrigues, Marcônio Martins; Oliveira, Maria Elizabete de; Moura, Raniel Lustosa de; Rufino, Marcelo de Oliveira Alves; Silva, Wellington Kelson Alvarenga; Nascimento, Maria do Perpétuo Socorro Cortez Bona.
Acta Sci. Anim. Sci.; 35(1): 37-41, jan.-mar. 2013. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-759438

Resumo

The forage mass, sward structure, the ingestive and grazing behavior and forage intake by goats grazing on Tanzania-grass at 22 and 37 days of regrowth were evaluated. A completely randomized experimental design was used, with eight replications for evaluating the pasture and bite depth, and six replications for evaluating intake, feeding and grazing behavior. The forage canopy height ranged from 64.1 to 92.7 cm. Higher forage mass was observed at 37 days, and the best leaf/stem ratio, at 22 regrowth days. The bite depth did not differ between regrowth ages. The biting rate for the 22 regrowth days (23.07 bites min. <->1) was higher than at 37 days (19.06 bites min. <->1). The grazing time was longer at the regrowth age of 22 days (5.58h) than at 37 days (4.51h). The average feed intake was 2.75% of the body weight and was not different between regrowth ages.(AU)
Avaliou-se a massa de forragem e estrutura do pasto, comportamento ingestivo e de pastejo e o consumo de forragem por caprinos em pasto de capim-tanzânia aos 22 e 37 dias de rebrotação. Foi adotado o delineamento experimental inteiramente casualizado com oito repetições para a avaliação do pasto e da profundidade do bocado, e com seis repetições para a avaliação do consumo e do comportamento ingestivo e de pastejo. As alturas do dossel variaram de 64,1 a 92,7 cm. Maior massa de forragem foi verificada aos 37 dias e a maior relação folha/colmo aos 22 dias de rebrotação. A profundidade de bocado não diferiu nas idades avaliadas. A taxa de bocado aos 22 dias (23,07 bocados minuto-1) foi maior que aos 37 dias (19,06 bocados minuto <->1). Os animais despenderam maior parte do tempo em pastejo, aos 22 dias (5,58h) do que aos 37 dias (4,51h). O consumo médio de forragem foi 2,75% do peso vivo e não diferiu entre dias de rebrotação.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1