Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Estimation of fecal production, digesta flow and digestibility in dairy heifers with different indicator / Estimativa de produção fecal, fluxo de digesta e digestibilidade em novilhas leiteiras com utilização de diferentes indicadores

Mota, Diego Azevedo; Berchielli, Telma Teresinha; Canesin, Roberta Carrilho; Sader, Ana Paula de Oliveira; Mesana, Juliana Duarte; Biehl, Marcos Vinicius.
Acta Sci. Anim. Sci.; 35(2): 181-186, Apr.-June 2013. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-759447

Resumo

This study evaluated fecal excretion by means of the internal indicator indigestible neutral detergent fiber (iNDF) and external indicators such as chromium complexed with ethylenediaminetetraacetic acid (Cr-EDTA) and ytterbium chloride (YbCl3), in addition to estimating the duodenal flow of dry matter and the total, ruminal and post-ruminal apparent digestibility coefficients. Eight crossbred Holstein x Zebu heifers were distributed into a 4 x 4 Latin square. Indicators Cr-EDTA, YbCl3 and iNDF did not efficiently estimate the fecal production (p < 0.05), with results of 1.64, 1.71 and 2.71 kg day <->1, respectively, compared with the total feces collection, which resulted in 1.39 kg day <->1. The estimated values of dry matter flow, both for the methodologies of single and double indicator, can be considered biologically acceptable. However, the value obtained by the Cr-EDTA/YbCl3 association, used as a double indicator, was the most reliable, due to better recovery of the external indicators (Cr-EDTA and YbCl3), which have had averages of 89 and 85%, respectively, in comparison with the internal one (iNDF), which averaged 67%. The ruminal and post-ruminal digestibility coefficients, estimated by the Cr-EDTA/YbCl3 association, were considered the best indicators owing the dry matter flow estimated by this association.(AU)
Objetivou-se com este trabalho avaliar a produção fecal por meio do indicador interno, fibra em detergente neutro indigestível (FDNi), e externos, cromo complexado com ácido etilenodiaminotetracético (CrEDTA ) e o cloreto de itérbio (YbCl3), além de estimar o fluxo duodenal da matéria seca e os coeficientes de digestibilidades aparentes total, ruminal e pós-ruminal, de diferentes nutrientes. Foram utilizadas oito novilhas mestiças Holandês/Zebu, distribuídas em duplo quadrado latino 4 x 4. Os indicadores Cr-EDTA, YbCl3 e o FDNi não estimaram produção fecal de forma eficiente (p < 0,05), obtendo resultado de 1,64; 1,71 e 2,71 kg dia <->1, respectivamente, quando comparado à coleta total de fezes, que obteve resultado de 1,39 kg dia <->1. Os valores estimados de fluxo de matéria seca, tanto para a metodologia de único, quanto para de duplo indicador, podem ser considerados biologicamente aceitáveis. Contudo, o valor obtido pela associação Cr-EDTA/YbCl3, utilizada na forma de duplo indicador, foi o mais confiável, pela melhor recuperação dos indicadores externos (Cr-EDTA e YbCl3), que obtiveram médias de 89 e 85%, respectivamente, em comparação ao interno (FDNi), que obteve média 67%. Os coeficientes de digestibilidade ruminal e pós ruminal, estimados pela associação Cr-EDTA/YbCl3, foram considerados melhores, em consequência do valor de fluxo de matéria seca estimado por esta associação.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1