Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

REAÇÃO DE GERMOPLASMA DE GIRASSOL À MANCHA DE SEPTORIA CAUSADA POR SEPTORIA HELIANTHI

Marques, L.N.; Lenz, G; Costa, I.F.D.; Guedes, J.V.C.; Bigolin, M; Oliveira, A.C.B..
Arq. Inst. Biol.; 78(2)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-759527

Resumo

ABSTRACT With the objective of evaluating the reaction of sunflower germplasm in relation to the resistance of Septoria helianthi, a study was conducted under field conditions in an experimental area at the Federal University of Santa Maria, Santa Maria, state of Rio Grande do Sul, Brazil, in 2008. The experiment involved 24 genotypes of sunflower, sown by hand in randomized blocks with 4 replications. The rate of disease progress and the area under the disease progress curve (AUDPC) were calculated based on the severity of the disease in the lower, middle and upper thirds of the plants. The more resistant cultivars were PARDISE 33 followed by HLE 16, HLE 17, EXP 1452 CL, V 20041 and SRM 840.
RESUMO Com o objetivo de avaliar a reação de germoplasma de girassol ao fungo Septoria helianthi, foi realizado um estudo sob condições de campo em uma área experimental na Universidade Fede-ral de Santa Maria, Santa Maria, RS, no ano de 2008. O ensaio foi constituído por vinte e quatro genótipos de girassol semeados manualmente nas parcelas, em delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições. Foi realizado o cálculo da taxa de progresso da doença e da área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) baseado nos dados de severidade nos terços inferior, mé dio e superior das plantas. As cultivares mais resistentes, isto é, que apresentaram menor AACPD foram PARAÍSO 33 seguida por HLE 16, HLE 17, EXP 1452 CL, V 20041 e SRM 840.
Biblioteca responsável: BR68.1