Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Situational diagnosis of professionals of family health units on phytotherapy

Bezerra, A. S. C. E.; Franco, S. P. B.; Mousinho, K. C.; Fonseca, S. A.; Matos-Rocha, T. J.; Pavão, J. M. S. J.; Santos, A. F..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-759741

Resumo

Abstract The incorporation of the use of phytotherapy in the primary health care is an important gain for the Unified Health System, besides reducing the cost in the treatment of the patient, rescues the popular knowledge and promotes the rational use of the medicinal plants. To determine the situational diagnostic profile of professionals of family health units on phytotherapy. A quantitative observational study was carried out, in which forms were applied to the team of the family health units of the municipality of Marechal Deodoro da Fonseca/Alagoas. Only 23% of the interviewed professionals reported having had contact with scientific information on phytotherapy during professional training. All of them approve the implantation of the official practice of phytotherapy and routinely prescribe phytotherapics and medicinal plants, but they do not know the possible risks of drug interaction with the use of medicinal plants. Health professionals Health professionals support the official practice of phytotherapy in public health and show interest in participating in courses / training on the subject to better serve the population.
Resumo A incorporação do uso da fitoterapia na atenção primária à saúde é um ganho importante para o Sistema Único de Saúde, além da redução do custo no tratamento do paciente, resgata o conhecimento popular e promove o uso racional das plantas medicinas. Determinar o perfil diagnóstico situacional dos profissionais de unidades de saúde da família sobre fitoterapia. Foi realizado um estudo observacional quantitativo, no qual foram aplicados formulários para a equipe das unidades de saúde da família do município de Marechal Deodoro da Fonseca/Alagoas. Apenas 23% dos profissionais entrevistados afirmaram ter tido contato com informações científicas sobre fitoterapia durante a formação profissional. Todos aprovam a implantação da prática oficial da fitoterapia e prescrevem rotineiramente fitoterápicos e plantas medicinais, entretanto desconhecem os possíveis riscos de interação medicamentosa com o uso das plantas medicinas. Os profissionais de saúde apoiam a prática oficial da fitoterapia na saúde pública e demonstram interesse em participar de cursos/treinamentos sobre a temática para melhor atender a população.
Biblioteca responsável: BR68.1