Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

EFEITO FISIOLÓGICO DO INSETICIDA THIAMETHOXAM NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR

Pereira, J.M.; Fernandes, P.M.; Veloso, V.R.S..
Arq. Inst. Biol.; 77(1)2010.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-759782

Resumo

ABSTRACT With the purpose to evaluate the physiological effect of thiamethoxam on the initial development of sugarcane, two experiments were carried out. In the first, carried out in Gerbox-type plastic boxes (3.5 x 11 x 11 cm) containing substrate, thiamethoxam was applied on sugarcane cuttings at the doses of 0, 100, 150 and 200 g of active ingredient per hectare (a.i.ha-1). The second experiment was carried in PVC pipes (0.2 x 1.20 m), filled with soil. Six doses of thiamethoxam (0, 50, 100, 150, 200 and 250 g a.i.ha -1) were used on two cultivars (RB867515 and SP80-1816).Roots and shoots were evaluated 30 days after the insecticide application in the first experiment and after 130 days in the second one. In the first experiment it was observed that the height characteristics, diameter and dry mass of shoots did not change through the use of the insecticide on sugarcane cuttings, however, in the treatments with thiamethoxam there was an increase on roots dry mass up to 3.7 times more. In the second experiment, thiamethoxam increased the diameter of shoots and the root dry mass of RB867515 cultivar up 72.69%. However, the length of the root system and the shoot dry mass were not changed by insecticide application in seedlings.
RESUMO Com a finalidade de avaliar o efeito fisiológico de thiamethoxam no desenvolvimento inicial de plantas de cana-de-açúcar, foram realizados dois experimentos. O primeiro conduzido em caixas plásticas do tipo gerbox (3,5 x 11 x 11 cm) contendo substrato, aplicou-se thiamethoxam em toletes de cana-de-açúcar, nas doses: 0, 100, 150 e 200 g de ingrediente ativo (i.a.).ha-1. O segundo experimento foi realizado em tubos de PVC (0,2 x 1,20 m), preenchido com solo, utilizaram-se seis doses de thiamethoxam (0, 50, 100, 150, 200 e 250 g i.a.ha-1) em mudas de duas variedades (RB867515 e SP80-1816). Avaliou-se a parte área e o sistema radicular das plantas aos 30 dias após a aplicação do inseticida, no primeiro experimento e aos 130 dias no segundo. Observou-se que no primeiro experimento as características altura, diâmetro e massa seca da parte área não foram alterados em razão da aplicação do inseticida nos toletes de cana-de-açúcar, porém, nos tratamentos com thiamethoxam houve um incremento na massa seca das raízes de até 3,7 vezes mais. No segundo experimento, thiamethoxam proporcionou aumento no diâmetro das plantas e incremento na massa seca das raízes da variedade RB867515 de até 72,69%. No entanto, o comprimento do sistema radicular e a massa seca da parte aérea não foram alterados pela aplicação do inseticida nas mudas.
Biblioteca responsável: BR68.1