Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Molecular prevalence of trichomonad species from pet shop puppies and kittens in Japan

Itoh, Naoyuki; Iijima, Yuko; Ogura, Isao; Yonekura, Natsumi; Kameshima, Satoshi; Kimura, Yuya.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-759985

Resumo

Abstract Pentatrichomonas hominis and Tritrichomonas foetus (cat genotype) have been commonly identified as intestinal trichomonads in both dogs and cats. Although P. hominis is considered as non-pathogenic protozoa in many kinds of mammals, it has the potential for zoonotic transmission. T. foetus has been recognized as the emerging causative agent of diarrhea in cats without the risk of zoonotic transmission. As pet shops are the major source of young companion animals, the present study discusses the molecular prevalence of P. hominis and T. foetus from 544 pet shop puppies and 409 kittens. The results suggest that the prevalence of P. hominis (puppies: 7.0%; kittens: 0.5%) and T. foetus (puppies: 0%; kittens: 2.4%) in pet shop young animals are low. In addition, the infections of P. hominis and T. foetus are not always associated with the clinical signs (soft or diarrhea feces).
Resumo Pentatrichomonas hominis e Tritrichomonas foetus (genótipo de gato) têm sido comumente identificados como trichomonas intestinais em cães e gatos. Apesar de P. hominis ser considerado como protozoário não patogênico em muitos tipos de mamíferos, tem potencial para transmissão zoonótica. Enquanto o T. fetus foi reconhecido como o agente causador emergente de diarreia em gatos sem o risco de transmissão zoonótica. Devido às lojas de animais serem as principais fontes de filhotes de animais domésticos, o presente estudo discute a prevalência molecular e/ou o potencial zoonótico de P. hominis e T. foetus em 544 filhotes de cachorro e 409 gatos de pet shop. Os resultados sugerem que a prevalência de P. hominis (cães: 7,0%; gatos: 0,5%) e T. foetus (cães: 0%; gatos: 2,4%) em animais jovens de pet shop é baixa. Além disso, as infecções de P. hominis e T. foetus nem sempre estão associadas aos sinais clínicos (fezes moles ou diarreia).
Biblioteca responsável: BR68.1