Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

AÇÃO RESIDUAL DE INSETICIDAS PARA LARVAS E ADULTOS DO PREDADOR CYCLONEDA SANGUINEA LINNAEUS, 1763 (COLEOPTERA: COCCINELLIDAE)

Leite, M.I.S.; Carvalho, G.A.; Maia, J.B.; Makiyama, L.; Vilela, M..
Arq. Inst. Biol.; 77(2)2010.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-760007

Resumo

ABSTRACT The residual action of the insecticides imidacloprid/Beta-cyfluthrin, clothianidin and chlorfenapyr was evaluated in regard to third-instar larvae and adults of the predator Cycloneda sanguinea (Linnaeus). Cotton seeds of the cultivar BRS IPÊ were sowed in PVC pots and the plants were maintained in the greenhouse. Upon reaching 25 days of age, the plants were sprayed with the lowest dosages of the products recommended by the manufacturers, using a manual sprayer. The insecticides evaluated in g a.i.L-1 of water were imidacloprid/Beta-cyfluthrin (Imidacloprido/Beta-ciflutrina 100/12.5 CS 0.25/0.03), clothianidin (Clotianidina 500 WP 0.33) and chlorfenapyr (Clorfenapir 240 CS0.80). Distilled water was used as a control. Previously marked leaves, from each treatment, were removed from the plants and taken to the laboratory where they were placed in Petri dishes containing bacteriologic agar solution. Eggs of Anagasta kuehniella (Zeller) were placed on cotton leaves following the release of a Trichogramma specimen per dish after 1, 12, 23 and 35 days from pesticides application. Each Petri dish was immediately closed with plastic PVC film. A completely randomized experimental design was used, with 4 treatments and 12 replicates, each one formed by 3 third-instar larvae or 1 couple of adults. The number of dead larvae and adults in each treatment was examined 12, 24 and 48 hours after exposure to the chemicals. The products were classified according to categories proposed by the International Organization for Biological Control (IOBC). All the compounds tested were evaluated as class 4 = persistent, causing mortality above 30% up to 31 days after application on cotton leaves.
RESUMO A ação residual dos inseticidas imidacloprido/Beta-ciflutrina, clotianidina e clorfenapir foi avaliada para larvas de terceiro ínstar e adultos do predador Cycloneda sanguinea (Linnaeus). Sementes de algodão da cultivar BRS IPÊ foram semeadas em vasos de PVC e as plantas foram mantidas em casa de vegetação. Ao atingirem 25 dias de idade, as plantas foram pulverizadas com os produtos nas menores dosagens recomendadas pelos fabricantes, utilizando-se pulverizador manual. As concentrações foram em g i.a.L-1 de água: imidacloprido/Beta-ciflutrina (100/12,5 SC -0,25/0,03), clotianidina (500 PM 0,33) e clorfenapir (240 SC 0,80). Água destilada foi utilizada como testemunha. Folhas previamente marcadas em cada planta, de cada tratamento, foram retiradas e levadas ao laboratório e colocadas em placas de Petri contendo solução de ágar bacteriológico. Ovos de Anagasta kuehniella (Zeller) foram colocados sobre as folhas de algodoeiro e, em seguida, liberou-se um espécime por placa. As liberações ocorreram após 1, 12, 23 e 35 dias da pulverização dos compostos. Cada placa de Petri foi imediatamente vedada com filme de plástico PVC. O delineamento foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos e doze repetições sendo que, para os testes com larvas, cada parcela foi formada por três espécimes e, para aqueles com adultos, cada repetição correspondeu a um casal. As avaliações de mortalidade foram feitas após 12, 24 e 48 horas das liberações. Os produtos foram classificados de acordo com o proposto pela Organização Internacional para Controle Biológico (IOBC). Todos os produtos foram enquadrados na classe 4 = persistentes, visto que mesmo a partir do trigésimo dia após sua aplicação causaram mais de 30,0% de mortalidade dos predadores.
Biblioteca responsável: BR68.1