Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Zoonotic smooth and rough Brucella in dogs: seroprevalence and associated factors in an Atlantic Rainforest area of the state of Paraíba, Northeastern Brazil

Bernardino, Maria das Graças da Silva; Silva, Edijanio Galdino da; Nogueira, Denise Batista; Angelo, Débora Ferreira dos Santos; Diniz, Vanda Teixeira Jales; Higino, Severino Silvano dos Santos; Alves, Alexandre José; Santos, Carolina de Sousa Américo Batista; Alves, Clebert José; Azevedo, Sérgio Santos de.
Ci. Rural; 51(2)2021.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-760265

Resumo

ABSTRACT: Canine brucellosisis an infectious disease caused by bacteria of the genus Brucella, with world wide distribution and zoonotic impact, and in humans and animals is a neglected disease. In the present study, the sero prevalence of B. canis and B. abortus were determined in a probabilistic sample of housed dogs from the Atlantic Rainforest area of the state of Paraíba, Brazil, and the factors associated with sero positivity. A total of 386 dogs over three months of age were used. For the search for anti-B.canis antibodies the agar gel immune diffusion test (IDGA) was used as a screening and IDGA+2ME as confirmatory test, and to search for anti-B. abortus antibodies the Rose Bengal test (RBT) test was used. Apparent and real prevalences were calculated, and robust Poisson regression was used to identify factors associated with prevalence. The real prevalence fB. Canis was 12.6% and of B. abortus was 22.8%. The factors associated with sero positivity for B. canis were age greater than 10 years (prevalence ratio; PR = 6.38; P = 0.024) and dogs reared in they ard (PR = 5.20; P = 0.035) and for B. abortus was no treplacement of water of animals everyday (PR = 1.48; P = 0.033). It can be concluded that the prevalence of B. canis and B. Abortus in the region is high, which warns to the adopting of control and prevention measures, as well as greater care in the management of animals, especially for elderly dogs.
RESUMO: A brucelose canina é uma doença infecciosa causada por bactérias do gênero Brucella, com distribuição mundial e de caráter zoonótico, e em humanos e animais é uma doença negligenciada. No presente estudo foram determinados as soroprevalências de B. canis e B. abortusem uma amostra probabilística de cães domiciliados da área urbana de oito municípios localizados na região da Mata Atlântica do Estado da Paraíba, Brasil, e os fatores associados com a soropositividade. Foram utilizados 386 cães com mais de três meses de idade. Para a pesquisa de anticorpos anti-B. canis foi utilizado o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) como triagem e IDGA+2ME como confirmatório, e para a pesquisa de anticorpos anti-B. abortusfoi utilizado o teste do antígeno acidificado tamponado (AAT). Foram calculadas as prevalências aparente e real, e para a identificação de fatores associados com a prevalência foi empregada regressão robusta de Poisson. A prevalência real de B. canis foi de 12,6% e de B. abortusfoi 22,8%. Os fatores associados com a soropositividade para B. canis foram idade maior que 10 anos (razão de prevalência; RP = 6,38; P = 0,024) e cães criados presos no quintal (RP = 5,20; P = 0,035) e para B. abortus foi não trocar a água dos animais todos os dias (RP = 1,48; P = 0,033). Conclui-se que a prevalência de B. canis e B. abortusem cães da região é alta, o que alerta para a necessidade de adoção de medidas de controle e prevenção, bem como são sugeridos maiores cuidados no manejo dos animais, sobretudo cães idosos.
Biblioteca responsável: BR68.1