Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Increasing levels of phytase in diets formulated with reduced available phosphorus content supplied to male and female broilers / Níveis crescentes de fitase em dietas formuladas com reduzido teor de fósforo disponível, fornecidas a frangos de corte machos e fêmeas

Naves, Luciana de Paula; Rodrigues, Paulo Borges; Teixeira, Levy do Vale; Bertechini, Antônio Gilberto; Alvarenga, Renata Ribeiro; Bernardino, Verônica Maria Pereira; Santos, Luziane Moreira dos; Natividade, Yuri Pereira Efrem.
Ci. Rural; 44(8): 1479-1485, Aug. 2014. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-760353

Resumo

A redução do teor de fósforo disponível (Pdisp) na dieta de frangos deve ser acompanhada de adequada suplementação da fitase. Um experimento foi conduzido com frangos de corte, no período de 15 a 28 dias de idade, para determinar o nível de fitase necessário quando a ração farelada é formulada com 0,213% de Pdisp para permitir resultados de desempenho, teor de cinzas na tíbia e aproveitamento do cálcio (Ca) semelhantes ao determinado para aves alimentadas com uma dieta formulada para atender suas exigências nutricionais. Desse modo, 120 frangos foram distribuídos em esquema fatorial (4+1) x2, correspondendo a quatro rações deficientes em Pdisp (0,213%) suplementadas com fitase (0; 750; 1.500 ou 2.250FTU kg-1) mais uma ração controle positivo sem fitase (0,426% de Pdisp), fornecidas a frangos machos e fêmeas. Os machos apresentaram melhor desempenho e maior retenção de Ptotal. A redução do teor de Pdisp da dieta sem o uso de fitase piorou o desempenho, o teor de cinzas ósseas e a retenção do Ca, todavia, esses parâmetros foram gradativamente melhorados com o aumento do nível de fitase na ração. Independente do sexo, ao utilizar 2.250FTU kg-1, é possível reduzir o teor de Pdisp para 0,213% sem prejudicar o desempenho, teor de cinzas na tíbia e a retenção do Ca, além de reduzir a excreção do Ptotal em 56,75% e melhorar seu aproveitamento em 38,58%.(AU)
The reduction of the available phosphorus (avP) content in the broiler diet must be followed by the supplementation of adequate phytase. One experiment was conducted with broilers from 15 to 28 days of age to determine the level of necessary phytase when the mashed diet is formulated with 0.213% of avP to enable the results of performance, tibia ash content, and calcium (Ca) utilization similar to those determined for birds fed with diet formulated to meet their nutritional requirements. Thus, 120 broilers were distributed in (4+1) x2 factorial arrangement corresponding to four deficient diets in avP (0.213%) supplemented with phytase (0; 750; 1,500 or 2,250FTU kg-1) plus one positive control diet without phytase (0.426% of avP), supplied to male and female broilers. Males showed better performance and higher totalP retention. Decrease in the avP content of the diet without phytase use worsened the performance, tibia ash content, and Ca retention; however, these parameters were improved gradually with the increase of the phytase level in the diet. Regardless of sex, using 2,250FTU kg-1, it is possible to reduce the avP to 0.213% without impairing performance, tibia ash content, and Ca retention; in addition to reducing the totalP excretion in 56.75% and improving its utilization in 38.58%.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1