Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

COMPARAÇÃO DE DIFERENTES PROTOCOLOS PARA OBTENÇÃO DE PLASMA RICO EM PLAQUETAS CANINO

SILVA, T. K. G.; ROCHA, J. L. S.; LIRA JUNIOR, A. C. G. O.; OLIVEIRA, K. P.; ESCODRO, P. B.; NOTOMI, M. K..
Ars Vet.; 36(4): 328-331, 2020.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-760354

Resumo

O plasma rico em plaquetas (PRP) é um hemocomponente produzindo a partir do plasma, visando a obtenção de citocinas e fatores do crescimento com fins terapêuticos, como a cicatrização e reparação de diferentes tecidos. Esse estudo quantificou a concentração plaquetária obtida utilizando-se de três diferentes protocolos de obtenção do PRP de 13 amostras de sangue de 7 cães hígidos. As velocidades de centrifugação utilizadas no protocolo I foram de 1ª centrifugação de 1.500 rpm e 2ª centrifugação de 3.000 rpm; no protocolo II, de 2.000 rpm e 3.000 rpm; e o protocolo III com 3.000 rpm e 4.000 rpm, respectivamente. O melhor resultado para a produção de PRP autólogo foi obtido no protocolo 1, seguido do protocolo 2, com aumentos de 116% e 83,05% após a 2ª centrifugação, respectivamente. Entretanto, os resultados obtidos na 1ª centrifugação foram superiores aos apresentados após a 2ª. centrifugação, observando elevações de 203,66% e 210,20% comparados aos valores basais.
Biblioteca responsável: BR68.1