Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Shrimp composition of the sea bob (Xiphopenaeus kroyeri) fishery by-catch at the coast of Paraná / Os camarões da fauna acompanhante na pesca dirigida ao camarão-sete-barbas (Xiphopenaeus kroyeri) no litoral do Paraná

Robert, Rafaela; Borzone, Carlos Alberto; Natividade, Cláudio Dybas da.
B. Inst. Pesca; 33(2): 237-246, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-760698

Resumo

At the coast of Paraná State, a small-scale trawl fishery directed to the sea bob shrimp (Xiphopenaeus kroyeri) produces an abundant by-catch. The present study determined the temporal and spatial variation of Decapoda shrimp composition in the by-catch throughout monthly trawls carried out between August 2004 and July 2005 along five transects and covering 6 m, 9 m, 12 m and 15 m deep at each transect. During the studied period, seven species of peneid shrimps, one of sergestid and a variable number of carid shrimp were catch, in a total of 3,464 individuals. This represents less than 2% of the total shrimp catch, including the target species. The white shrimp, Litopenaeus schmitti, was the most abundant species, followed by Rimapenaeus constrictus, Sicyonia dorsalis, Pleoticus muelleri and the carid Exhippolysmata oplophoroides. The pink-shrimp species Farfantepenaeus paulensis and F. brasiliensis together with Artemesia longinaris were the less abundant ones.
No litoral do Paraná, o camarão-sete-barbas (Xiphopenaeus kroyeri) é explorado por embarcações artesanais providas de redes de arrasto com portas, que capturam fauna acompanhante, ou by-catch. Este estudo teve como objetivo principal determinar a variação espaço-temporal das espécies de camarão que compõem a fauna acompanhante de X. kroyeri na plataforma rasa do litoral paranaense, entre agosto de 2004 e julho de 2005, através de arrastos mensais realizados em cinco transectos nas profundidades de 6 m, 9 m, 12 m e 15 metros. Os resultados revelam a presença de sete espécies de camarões peneídeos e uma de sergestídeo, além de alguns exemplares de camarões carídeos. Foi registrado um total de 3.464 indivíduos, representando menos de 2% do total de camarões capturados. A espécie mais representativa foi Litopenaeus schmitti, seguida por Rimapenaeus constrictus, Sicyonia dorsalis, Pleoticus muelleri e pelo carídeo Exhippolysmata oplophoroides. As espécies de camarão-rosa Farfantepenaeus paulensis e F. brasiliensis, juntamente com Artemesia longinaris, foram as menos abundantes.
Biblioteca responsável: BR68.1