Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Gangrenous mastitis in sheep caused by multidrug-resistant Staphylococcus haemolyticus

Moura, Guilherme S.; Mota, Rinaldo A.; Marques, Michele F.S.; Abad, Atzel C.A.; Costa, Luciana B.B.C.; Souza, Fernando N.; Almeida, Valdir M.; Filho, Givaldo B. Silva; Bom, Hisadora A.S.C.; Klaumann, Francine; Souza, Francisco A.L.; Mendonça, Fábio S..
Pesqui. vet. bras; 40(12)2020.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-761733

Resumo

ABSTRACT: Mastitis is a multifactorial disease and considered one of the most critical problems in the dairy industry worldwide. The condition is characterized by reduced milk and several abnormalities in the mammary gland. This study aimed to report an outbreak of gangrenous mastitis caused by multidrug-resistant Staphylococcus haemolyticus in a Santa Inês sheep herd. Eighteen sheep were affected, and five of them with severe clinical pictures were examined. The clinical and pathological picture were variable and characterized by apathy, anorexia, emaciation, opaque and brittle hair, apparent and congested episcleral vessels, and hyperthermia. These ewes had enlarged, firm, and painful mammary glands. Macroscopically, these lesions consisted of severe gangrenous mastitis, and microscopically, the primary lesions consisted of necrosis, thrombosis, and fibrosis of the mammary parenchyma. Milk samples from one of the five severely affected ewes were collected and cultured under aerobic or microaerophilic incubation at 37°C for 24 hours on sheep blood agar. The obtained colonies were then submitted to MALDI-TOF for speciation. The colonies were also submitted to an antimicrobial susceptibility test, genotyping of virulence factors and resistance genes were also performed. The isolates showed antimicrobial multiresistance since they were resistant to seven out of 13 tested antibiotics. The isolates were also positive for two staphylococcal enterotoxigenic genes (sec and see) and fibronectin-binding protein B (fnbB).
RESUMO: A mastite é uma doença multifatorial e é considerada um dos problemas mais importantes na indústria de laticínios no mundo todo. A condição é caracterizada pela redução de leite e várias anormalidades na glândula mamária. O objetivo deste estudo foi relatar um surto de mastite gangrenosa causada por Staphylococcus haemolyticus multirresistente em um rebanho ovino Santa Inês. Dezoito ovelhas foram afetadas e cinco delas com quadro clínico severo foram examinadas. O quadro clínico-patológico era variável quanto a severidade e consistia em apatia, anorexia, magreza, pelos opacos e quebradiços e vasos episclerais aparentes e ingurgitados. As ovelhas apresentavam glândulas aumentadas, firmes e dolorosas. Macroscopicamente, as principais lesões consistiam em mastite gangrenosa e microscopicamente havia necrose do parênquima glandular, trombose e fibrose. Amostras de leite de uma das cinco ovelhas severamente afetadas foram coletadas e cultivadas sob incubação aeróbica ou microaerofílica a 37°C por 24 horas em ágar sangue de ovelha. As colônias obtidas foram então submetidas ao MALDI-TOF para especiação. Além disso, as colônias foram submetidas a um teste de suscetibilidade antimicrobiana e foi realizada a genotipagem de fatores de virulência e genes de resistência. Os isolados apresentaram multirresistência antimicrobiana por serem resistentes a sete dos 13 antibióticos testados. Os isolados também foram positivos para dois genes enterotoxigênicos estafilocócicos (sec e see) e proteína B de ligação à fibronectina (fnbB).
Biblioteca responsável: BR68.1