Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Seroprevalence of Chagas disease in southern Brazilian cardiac patients and their knowledge about the parasitosis and vectors / Soroprevalência da doença de Chagas em pacientes cardíacos do sul do Brasil e seu conhecimento sobre a parasitose e vetores

Dutra, A. S; Stauffert, D; Bianchi, T. F; Ribeiro, D. R. P; Villela, M. M.
Braz. J. Biol.; 81(4): 867-871, Oct.-Dec. 2021. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762595

Resumo

Chagas disease (CD) is considered a typical low-income population sickness of the developing countries in Latin America. Given the historical relevance of CD in individuals in southern Rio Grande do Sul (RS) State, Brazil, the aim of this study was to identify the knowledge of the CD and its vectors by cardiac patients, and the prevalence of anti-T cruzi antibodies in these individuals in Pelotas, city located in Rio Grande do Sul (RS) state, Brazil. The subjects with cardiac disease were submitted to a semi-structured questionnaire as well as two serological tests in order to detect anti-T. cruzi IgG antibodies. Of the individuals that born in municipalities showing the highest triatomine infestation rates in recent decades, 81.8% were able to recognize the vector insect (p = 0.0042; OR = 5.9), and 83.3% reported either themselves or someone in their families to have CD (p = 0.043, OR = 5.2). Of the 54 patients submitted to serological analysis, only 01 patient (1.9%) was positive for anti-T. cruzi antibodies, a 55 year old man from the rural area of Canguçu county. This study provides support for the evaluation to be extended to other cardiology centers, given the importance of Chagas disease in Brazil.(AU)
A doença de Chagas (DC) é considerada uma doença típica da população de baixa renda dos países em desenvolvimento da América Latina. Dada a relevância histórica da DC em indivíduos do sul do Estado do Rio Grande do Sul (RS), o objetivo deste estudo foi identificar o conhecimento da doença de Chagas (DC) e seus vetores em pacientes cardíacos, e a prevalência de anticorpos anti-T cruzi nesses indivíduos, em Pelotas, cidade localizada no Rio Grande do Sul (RS), Brasil. Os pacientes cardiopatas foram submetidos a um questionário semiestruturado, e também a dois testes sorológicos para detecção de anticorpos anti-T. cruzi IgG. Dos indivíduos que nasceram em municípios com as maiores taxas de infestação por triatomíneos nas últimas décadas, 81,8% foram capazes de reconhecer o inseto vetor (p = 0,0042; OR = 5,9), e 83,3% relataram que eles próprios ou alguém em suas famílias tem DC (p = 0,043, OR = 5,2). Dos 54 pacientes submetidos à análise sorológica, apenas 01 paciente (1,9%) foi positivo para anticorpos anti-T.cruzi, um homem de 55 anos da área rural do município de Canguçu. Este estudo fornece subsídios para que a avaliação seja estendida a outros centros de cardiologia, devido à importância da doença de Chagas no Brasil.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1