Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Feed intake / Ingestão de alimentos

Maggioni, Daniele; Marques, Jair de Araújo; Rotta, Polyana Pizzi; Zawadzki, Fernando; Ito, Roberto Haruyoshi; Prado, Ivanor Nunes do.
Semina Ci. agr.; 30(4): 963-974, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-763242

Resumo

The vast majority of livestock are fed ad libitum, with free access to feed during most of the time. In order to achieve efficient production, it is necessary to raise levels of voluntary feed intake – in general, the more the animal eats, the more it produces and the more efficient it becomes. Intake amounts are guided by nutritional requirements, and an approximate estimate of how much an animal will ingest can be calculated from levels of protein, energy and other nutrients required for maintenance and production. However, there are several factors that can interfere with the concordance between requirements and actual intake, such as feed volume, which can be a determinant factor for achieved intake, especially in ruminants.
A maioria dos animais de produção é alimentada à vontade, ou seja, tem livre acesso ao alimentona maior parte do tempo. Para que a produção seja eficiente é necessário elevar o nível de consumovoluntário, pois em geral, quanto mais o animal come, mais ele produz e se torna mais eficiente. A amplitude da ingestão é direcionada pela exigência nutricional e uma estimativa aproximada de quantidade de alimento que um animal vai ingerir pode ser calculada pela exigência de proteína, energia e outros nutrientes para a mantença e produção. No entanto, há vários fatores que podem interferir com a concordância entre exigência e ingestão, como o volume do alimento, que pode ser um fator determinante no nível de ingestão alcançada, especialmente nos ruminantes.
Biblioteca responsável: BR68.1