Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Supplementation effect on beef cattle gain in pastures: Type of forage - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i2.8130 / Suplementação e desempenho de bovinos de corte em pastagens: tipo de forragem - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i2.8130

Tonello, Cleiton Luiz; Branco, Antonio Ferriani; Tsutsumi, Claudio Yuji; Ribeiro, Leonir Bueno; Coneglian, Sabrina Marcantonio; Castañeda, Roman David.
Acta sci., Anim. sci; 33(2): 199-205, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-764559

Resumo

The present study used meta-analysis to assess the effects of supplementation on beef cattle performance in pastures in Brazil, classifying data by forage type. There were reviewed articles published from 1999 to 2007, and was done comparisons between performance animals without supplement (control) and supplemented animals, to determine the real effect of supplementation on performance, and to find the corrected daily gain in each study. The regression equations were obtained through the covariance, and correlation and level of significance, between dependent and independent variables were obtained using the SAS statistical program PROC CORR. In tropical pastures, animals showed a corrected daily gain of 0.31 kg day-1, with TDN intake from supplement equal to 0.43% of LW day-1. Temperate pastures showed a corrected daily gain of 0.17 kg day-1 and TDN intake from supplement was 0.77% of LW day-1. Supplements used in tropical forages, showed an average of 29% CP, with animals having a corrected daily gain of 0.25 kg day-1 and in temperate forage, crude protein was 17.4%.
O presente estudo utilizou a meta-análise para avaliar os efeitos da suplementação sobre o desempenho de bovinos de corte em pastagens, no Brasil, classificando os dados pelo tipo de forragem. Foram revisados artigos publicados entre os anos de 1999 e 2007, e realizadas comparações entre o desempenho de animais não-suplementados (controle) e animais suplementados, para determinar o efeito da suplementação sobre o desempenho animal, utilizando o ganho corrigido. As equações de regressão foram obtidas pela covariância, e as correlações e nível de significância entre as variáveis dependentes e independentes foram obtidas com o PROC CORR do programa estatístico SAS. Em forragens tropicais, os animais tiveram ganho diário corrigido de 0,31 kg dia-1, com um consumo de NDT do suplemento de 0,43% do PV/dia e em forragens de clima temperado apresentaram ganho diário corrigido de 0,17 kg dia-1, com um consumo de NDT do suplemento de 0,77% do PV dia-1. Os suplementos utilizados em forrageiras tropicais apresentaram teor médio de proteína bruta de 29%, com os animais tendo ganho diário corrigido de 0,25 kg dia-1, e nas forragens de clima temperado o teor de proteína bruta foi de 17,4%.
Biblioteca responsável: BR68.1