Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morphometry and production of maize inoculated with Azospirillum brasilense / Morfometria e produção de milho inoculado com Azospirillum brasilense

Brito, Tauane Santos; Guimarães, Vandeir Francisco; Chaves, Elisiane Inês Dall'Oglio; Pan, Renan; Lerner, Alexandre Wegner; Roske, Victor Matheus; Cecatto Junior, Roberto.
Colloq. agrar.; 17(04): 34-46, jul.-ago 2021. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-764634

Resumo

This study aimed to analyze the influence of inoculation methods with Azospirillum brasilense in morphometric and nutritional parameters of the maize crop. Maize plants, hybrid Formula VT®, were grown under different forms of inoculation: absence of inoculation; seed inoculation; leaf inoculation; seed inoculation associated to leaf inoculation. In the phenological stages V8 and VT the parameters number of leaves, aerial height, root volume, stem diameter, besides the leaves, stem, sheath, root and total dry mass and the leaf content of nitrogen, phosphorus and potassium were determined. In the R6 stage, in addition to the previous evaluations the following parameters were determined: ear diameter and length, number of kernel rows, number of kernels per row, the reproductive structure and thousand grains dry mass, and total number of grains, besides the grains content of nitrogen, phosphorus, and potassium. The SPAD index from the leaves apex, medial and basal thirds was measured fortnightly. The inoculation methods with A. brasilense had little influence in maizes morphometric and nutritional parameters, also not influencing in production. Maize plants inoculated with A. brasilense, via seed and via seed associated to leaf spraying, positively stood out for the stem diameter, leaves dry mas, root volume, and for the nitrogen, phosphorus, and potassium leaf content.(AU)
O objetivo do estudo foi analisar a influência de métodos de inoculação com Azospirillum brasilense em parâmetros morfométricos e nutricionais da cultura do milho. Foram cultivadas plantas de milho híbrido Formula VT® sob diferentes formas de inoculação: ausência de inoculação; inoculação via semente; inoculação via foliar; inoculação via semente associada a foliar. Nos estádios fenológicos V8 e VT foram mensurados número de folhas, altura de parte aérea, volume de raiz, diâmetro de colmo, massa seca de folha, colmo e bainha, raiz e total, além dos teores de nitrogênio, fósforo e potássio foliar. No estádio R6, junto as análises anteriores, analisou-se diâmetro e comprimento de espiga, número de fileiras, número de grãos por fileira, massa de estrutura reprodutiva e de mil grãos e número total de grãos, e os teores de nitrogênio, fósforo e potássio dos grãos. Quinzenalmente, foi mensurado o índice SPAD dos terços apical, mediano e basal foliar. Os métodos de inoculação pouco influenciaram em parâmetros morfométricos e nutricionais do desenvolvimento do milho, não influenciando na produção. A inoculação via semente e via foliar associado a semente influenciou positivamente nas plantas quanto ao diâmetro de colmo, massa seca foliar, volume de raiz, e aos teores de nitrogênio, fósforo e potássio.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1