Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morphometry and trophic state of an urban reservoir: Nado Lagoon, Belo Horizonte, state of Minas Gerais, Brazil / A morfometria e o estado trófico de um reservatório urbano: lagoa do Nado, Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais

Bezerra Neto, José Fernandes; Pinto-Coelho, Ricardo Motta.
Acta sci., Biol. sci; 24: 285-290, 2002.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-764726

Resumo

This study presents the morphometric characteristics of a small urban reservoir: Nado Lagoon. It is an artificial, shallow lake with 2.7 m. mean depth and 7.6 m. maximum depth. It is located at the bottom of a relatively large valley, surrounded by tall trees, with high relative depth (5.5%) and conical accumulation basin (Dv = 1.07), with a high water column physical stability. The reservoir mean retention time was 78 days during the dry season and 2.1 days during the rainy season. This study also presents the first bathymetric map of the reservoir. The reservoir trophic state was monthly evaluated from September 1999 to September 2000, through Carlson trophic state index (TSI). The results classify the reservoir as meso-eutrophic throughout the sampling period.
São descritas as características morfométricas de um pequeno reservatório, a lagoa do Nado. Trata-se de lago artificial raso, com 2,7 m e 7,6 m de profundidades média e máxima, respectivamente. A localização, no fundo de um pequeno vale, rodeado por vegetação de grande porte, elevada profundidade relativa (5,5%) e bacia de acumulação de formato cônico (Dv = 1,07), indica uma alta estabilidade física da coluna de água. O tempo de retenção da água no reservatório, no período seco, foi de 78 dias e, no período chuvoso, de 2,1 dias. O presente estudo ainda apresenta a primeira carta batimétrica do reservatório. Finalmente, o estado trófico foi avaliado mensalmente, de setembro/99 a setembro/00, utilizando-se o índice de estado trófico (IET) de Carlson. O reservatório foi considerado como meso-eutrófico ao longo do período de amostragem.
Biblioteca responsável: BR68.1