Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

FAMACHA©: Predictive value for control of Haemonchus sp. in sheep from Brazilian Cerrado / FAMACHA©: Valor preditivo para o controle de Haemonchus sp. em ovinos do Cerrado brasileiro

Moreira, Roberta Tavares; Mota, Ana Lourdes Arrais de Alencar; Câmara, Antonio Carlos Lopes; Soto-Blanco, Benito; Borges, José Renato Junqueira.
Semina Ci. agr.; 42(05): 2825-2838, set.-out. 2021. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-764898

Resumo

This study aimed to evaluate the sensitivity and specificity of FAMACHA© method, correlating with packed cell volume (PCV) and egg count (FEC), as well as to evaluate the clinical signs of Haemonchus sp. infection in sheep from Brazilian Cerrado. Over two years (2017 to 2019), 1,435 sheep were subjected to clinical and parasitological evaluations. Sheep from six breeds (Santa Inês, Dorper, White Dorper, Ile de France, Suffolk and crossbreed) were subdivided into five production categories (pregnant, lactating, nonpregnant/lactating ewes, breeding males, and weaned lambs). Parasitological evaluations included FEC and coproculture. In the clinical evaluation, all sheep underwent determination of the FAMACHA© score and PCV. Haemonchus sp. larvae were predominant in coprocultures of the flocks (76.4%) and in each animal production category evaluated (69.4 to 84.3%). FAMACHA© method showed high sensitivity (70.6%) for evaluating sheep with scores ≥ 3, and PCV < 23%, and high specificity (97.5%) in animals with higher scores(4 and 5), and PCV < 18%. A negative correlation was observed between FAMACHA© scores and PCV (-0.46)and between PCV and FEC (-0.47), while a positive correlation was observed between FAMACHA© scores and FEC (0.22) (p < 0.01). The vast majority of the animals evaluated (54.5%) were clinically resistant to gastrointestinal parasites. Due to the high sensitivity and specificity, we concluded that the method could be a valuable diagnostic alternative and an ancillary tool in the implementation of selective treatment for helminthic infection in sheep from Brazilian Cerrado.(AU)
Este estudo objetivou avaliar a sensibilidade e especificidade do método FAMACHA©, e sua correlação com volume globular (VG) e contagem de ovos de nematódeos por grama de fezes (OPG), no diagnóstico de infecção parasitária por Haemonchus sp., além de avaliar os sinais clínicos frente às infecções por tais endoparasitos, em ovinos do Cerrado brasileiro. Ao longo de dois anos (2017 a 2019), o total de 1.435 ovinos foram submetidos a avaliação clínica e parasitológica. Os ovinos de seis raças (Santa Inês, Dorper, White Dorper, Ile de France, Suffolk e mestiços) foram subdivididos em cinco categorias de produção (ovelhas gestantes, lactantes, não gestantes/lactantes, machos reprodutores e cordeiros desmamados). As avaliações parasitológicas incluíram OPG e coprocultura. Na avaliação clínica, os ovinos passaram por determinação do escore FAMACHA© e do VG. As larvas de Haemonchus sp. foram predominantes nas coproculturas dos rebanhos (76,4%) e em cada categoria de produção animal avaliada (69,4 a 84,3%). O método FAMACHA© apresentou alta sensibilidade (70,6%) para avaliar animais com escores ≥ 3 e VG <23% e alta especificidade (97,5%) em animais com escores mais elevados (4 e 5), e VG < 18%. Observou-se correlação negativa entre os escores FAMACHA© e VG (-0,46) e entre VG e OPG (-0,47), enquanto uma correlação positiva foi observada entre os escores FAMACHA© e OPG (0,22) (p < 0.01). A grande maioria dos animais avaliados (54,5%) mostrou-se clinicamente resistente às parasitoses gastrointestinais. Devido à alta sensibilidade e especificidade, concluímos que o método pode ser uma alternativa diagnóstica valiosa e ferramenta auxiliar na implementação do tratamento seletivo para infecção por helmintos em ovinos do Cerrado brasileiro.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1