Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO ATENDIMENTO ANTIRRÁBICO PÓS-EXPOSIÇÃO NA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG / RABIES EPIDEMIOLOGICAL PROFILE ACCORDING TO POST-EXPOSURE CARE IN UBERLÂNDIA-MG

LEVENHAGEN, M. M. M. D.; BORGES, A. C.; ARAÚJO, G. A.; SILVA, K. A.; LIMA, A. P. F.; PAULA, A..
Ars vet; 29(4)2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-764948

Resumo

A raiva, uma zoonose viral de alta letalidade, é considerada um grave problema de saúde pública no Brasil. Em todos os casos de atendimento antirrábico pós-exposição fica determinada a notificação compulsória e imediata dos agravos suspeitos ou confirmados de raiva humana, ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação Compulsória. O objetivo do estudo foi determinar o perfil epidemiológico do atendimento antirrábico pós-exposição nos registros dos atendimentos antirrábicos, efetuados em habitantes do município de Uberlândia, MG, no primeiro semestre de 2012.  Abordagens descritivas e quantitativas foram realizadas a partir dos dados cedidos pela Divisão de Zoonoses de Uberlândia. Nesse período, foram realizadas 1.065 notificações de atendimento pelo Programa de Controle da Raiva Animal. A grande maioria das ocorrências (85,45%) envolveu agravos causados por animais da espécie canina. Em relação ao tipo de contato, 91,83% foram classificados como mordeduras. Quanto ao acompanhamento epidemiológico, dos 833 anima
Biblioteca responsável: BR68.1