Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

STABILIZATION OF THE FEMOROTIBIOPATELAR JOINT WITH DOUBLE FIXATION OF THE FASCIA LATA AFTER EXPERIMENTAL RUPTURE OF THE CRANIAL CRUCIATE LIGAMENT IN DOGS/Estabilização da articulação femorotibiopatelar com a fixação dupla da fáscia lata após ruptura ...

DUARTE, T. S.; DEL CARLO, R. J.; PONTES, K. C. S.; ANDRADE, E. C.; FERNANDES, N.; PERDIGÃO, A. P..
Ars vet; 29(2): 68-76, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-765018

Resumo

O presente estudo teve como objetivo avaliar a eficiência de uma técnica cirúrgica utilizando enxerto da fáscia lata autógena, fixada em dois pontos e um programa fisioterápico para auxiliar na recuperação pós-cirúrgica. Foram utilizados 10 cães hígidos pesando entre 15 e 22 kg. Após a ruptura experimental do ligamento cruzado cranial, o enxerto de fáscia lata foi fixado no côndilo femoral lateral, por meio de um parafuso esponjoso e arruela e, posteriormente, no tendão patelar com suturas em “X”. Todos os animais receberam tratamento fisioterápico diário imediatamente após a cirurgia até o fim das avaliações, 60 dias após a cirurgia, que consistiu de aplicação de gelo nos primeiro dois dias. A partir do 10º dia foi feita aplicação de bolsa de água quente seguida de cinesioterapia passiva e caminhadas que foram intensificadas até o 60º dia. No 25º dia foi introduzido o exercício de três apoios e, no 39º dia, os animais foram estimulados a subir e descer escada. Os sinais de claudica&cced
Biblioteca responsável: BR68.1