Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Seminoma and sertolioma in non-cryptorchid dog case report / Seminoma e sertolioma em cão não criptorquida relato de caso

Silva, Guilherme Mantuani; Oliveira, Isabela Cristina de; Toledo, Rodrigo Samuel de; Bezerril, Juliana Evangelista; Vasques, Gabriela Maria Benedetti; Gasser, Beatriz; Marcusso, Paulo Fernandes; Romani, Isaac.
Acta Vet. bras.; 15(4): 281-286, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765277

Resumo

The most common testicular neoplasms in dogs are seminoma, leydigocytoma and sertolioma, affecting middle--aged and elderly dogs, where cryptorchidism is a predisposing factor, as well as some breeds. It can occur alone or, less fren-quently, concurrently, generally affecting the same testicle. This study aimed to report the case of a non-cryptorchid 14-year--old mixed breed dog diagnosed with seminoma and sertolioma, each in a testicle. The animal showed an increase in scrotal volume, with no changes in other clinical parameters on physical examination. On ultrasound examination, it was possible to observe alterations suggestive of neoplasia in both testicles and prostatic alteration suggestive of benign prostatic hyperplasia. Complementary blood count and biochemical tests were performed and, as treatment, orchiectomy was performed. Fragments were collected from both testicles and sent for histopathological examination. Microscopy of the left testicle showed the presence of round cells, multiple and evident nucleoli, cells in different phases of mitosis and binucleation, these changes being compa-tible with seminoma. In contrast, in the right testicle, spindle and elongated cells (pseudo-lobular) were observed, presence of long cytoplasmic projections with rounded ovoid nucleus, spindle cells and degeneration of seminiferous tubules, compatible with sertolioma. It was observed that physical examination associated with ultrasound was efficient to detect the presence of neoplasms, being validated by histopathological examination. Orchiectomy was an assertive treatment indicated for this case.(AU)
As neoplasias testiculares mais comuns em cães são o seminoma, leydigocitoma e o sertolioma, acometendo cães de meia idade e idosos, com predisposição racial e animais criptorquidas, podendo ocorrer isoladamente, ou concomitantemente, porém com menor frequência. Esse trabalho objetivou relatar o caso de um cão, SRD, 14 anos, não criptorquida diagnosticado com seminoma e sertolioma em testículos distintos. O animal apresentou aumento do volume testicular bilateral, sem alterações nos demais parâmetros clínicos ao exame físico. Ao exame ultrassonográfico foi possível observar alterações sugestivas de neoplasia para ambos os testículos e alteração prostática sugestiva de hiperplasia prostática benigna. Foram realizados exames complemen-tares de hemograma e bioquímico e como tratamento a realização de orquiectomia. Fragmentos foram coletados de ambos os tes-tículos e enviados para análise histopatológica. A microscopia do testículo esquerdo, evidenciou a presença de células arredonda-das, nucléolos múltiplos e evidentes, células em diferentes fases de mitose e binucleação, alteração compatíveis de seminoma. Em contrapartida, no testículo direito foi observado a presença de células fusiformes e alongadas (pseudo-lobular), presença de longas projeções citoplasmáticas com núcleo ovóide arredondado, células fusiformes e degeneração dos túbulos seminíferos compatíveis de sertolioma. Observou-se que o exame físico associado ao ultrassonográfico foi eficiente para detectar a presença das neopla-sias e isto foi validado pelo exame histopatológico. A realização de orquiectomia foi tratamento assertivo indicado para este caso.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1