Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morphological findings in the tracheal epithelium of dogs exposed to the inhalation of poorly conditioned gases under use of an endotracheal tube or laryngeal mask airway / Alterações morfológicas no epitélio traqueal de cães expostos à inalação de gases pouco condicionados, sob ventilação com tubo traqueal ou máscara laríngea

Dias, Norimar Hernandes; Braz, José Reinaldo Cerqueira; Defaveri, Júlio; Carvalho, Lídia Raquel; Martins, Regina Helena Garcia.
Acta cir. bras.; 26(5): 357-364, Sept.-Oct. 2011. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-7718

Resumo

PURPOSE: To study morphological findings in the tracheal epithelium of dogs exposed to the inhalation of poorly conditioned gases under use of an endotracheal tube (ET) or laryngeal mask airway (LMA). METHODS: Twelve dogs randomly were allocated to two groups: ET group (n-6) and LMA group (n-6), anaesthetized and mechanically ventilated, without CO2 reabsorption. Haemodynamic and ventilatory parameters, tympanic temperature, temperature, relative and absolute humidity of the ambient and inhaled gases were analyzed during three hours. The animals were submitted to euthanasia and biopsies were carried out along the tracheal segment to morphological study. Three healthy dogs were used to morphological control. RESULTS: Inhaled gas temperature was maintained between 24ºC and 26ºC, relative humidity between 10% and 12%, and absolute humidity between 2 - 3 mg H2O.L-1 with no significant differences between groups. In both groups, histological analysis showed epithelial inflammation and congestion in the corion and scanning electron microscopy showed ciliary grouping and disorganization. Transmission electron microscopy showed higher alterations in ET group than LMA group as widening of cell junctions, ciliary disorientation, cytoplasmic vacuolization, nuclear abnormalities, picnosis and chromatin condensation. CONCLUSION: LMA determined less pronounced changes in the tracheal epithelium in dogs exposed to the inhalation of poorly conditioned gases.(AU)
OBJETIVO: Avaliar as alterações morfológicas no epitélio traqueal de cães expostos à inalação de gases pouco condicionados, sob ventilação com tubo traqueal (TT) ou máscara laríngea (ML). MÉTODOS: Doze cães adultos foram divididos aleatoriamente em dois grupos: grupo TT (n-6) e grupo ML (n-6), submetidos à anestesia venosa e ventilação mecânica, em sistema sem reabsorção de CO2. Foram registrados parâmetros hemodinâmicos e ventilatórios, temperatura timpânica, temperatura, umidade relativa e absoluta do ar ambiente e dos gases inalados durante 3 horas. Ao término do experimento, os animais foram submetidos a eutanásia e realizadas biópsias ao longo do segmento traqueal para estudo morfológico. Três cães saudáveis foram utilizados para controle morfológico. RESULTADOS: A temperatura dos gases inalados manteve-se entre 24ºC e 26ºC, a umidade relativa entre 10% e 12%, e umidade absoluta entre 2 -3 mg H2O.L-1 sem diferença significativa entre os grupos. Em ambos os grupos a análise histológica evidenciou processo inflamatório epitelial e congestão no córion, e a microscopia eletrônica de varredura mostrou agrupamento e desorganização ciliar. A microscopia eletrônica de transmissão detectou maiores alterações no grupo TT do que no ML, como alargamento das junções intercelulares, desorientação ciliar, vacuolização citoplasmática, alterações nucleares como pcinose e condensação da cromatina. CONCLUSÃO: A máscara laríngea determinou alterações menos pronunciadas no epitélio traqueal de cães expostos à inalação de gases pouco condicionados.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1