Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Metabolic changes induced by pre-administration of L-alanyl-glutamine and Omega-3 in Wistar rats subjected to sepsis / Alterações metabólicas induzidas pela pré-administração de L-alanil-glutamina e ômega-3 em ratos Wistar submetidos à sepse

Sena, José Ivamberg Nobre de; Guimarães, Sérgio Botelho; Vasconcelos, Paulo Roberto Leitão de.
Acta cir. bras.; 25(6): 529-534, Nov.-Dec. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-7783

Resumo

PURPOSE: To evaluate the metabolic changes induced by pre-administration of L-alanyl-glutamine (L-Ala-Gln) and omega-3 (ω-3) in rats subjected to sepsis. METHODS: Eighteen male Wistar rats were randomized into three groups (n=6) and treated with saline (group Control-G-1), L-Ala-Gln (0.75 mg /kg , G-2) or ω-3 (0.2 g /kg, G-3 ) administered intravenously 3, 2 and 1 day and 30 minutes before induction of sepsis. Samples (blood, striated muscle and liver) were collected 48 hours after induction of sepsis, to measure the concentrations of metabolites (pyruvate, lactate, glucose and ketone bodies. RESULTS: There was a significant increase in muscle glycolysis and gluconeogenesis in the liver in rats treated with L-Ala-Gln and ω-3, compared to the control group, 48 hours after induction of sepsis. CONCLUSION: Pre-administration of L-Ala-Gln or ω-3 to rats subjected to sepsis resulted in similar metabolic changes, by rising glycolysis in peripheral tissues and stimulating hepatic gluconeogenesis and ketogenesis, resulting in increased energy supply to septic rats.(AU)
OBJETIVO: Avaliar as alterações metabólicas induzidas pela pré-administração de L-alanil-glutamina (L-Ala-Gln) e ômega-3 (ω-3) em ratos Wistar submetidos à sepse. MÉTODOS: Dezoito ratos machos Wistar, randomizados em três grupos iguais (n=6) e tratados com solução salina (grupo Controle-G-1), L-Ala-Gln (0,75mg/Kg) ou ω-3 (0,2g/Kg) por via endovenosa administrados 3, 2 e 1 dia e 30 minutos antes da indução do estado de sepse. Amostras (sangue, músculo estriado e fígado) foram coletadas 48 horas após indução da sepse, para dosagem das concentrações de metabólitos (piruvato, lactato, glicose e corpos cetônicos). RESULTADOS: Houve aumento significante da glicólise no músculo e da gliconeogênese no fígado nos ratos tratados com L-Ala-Gln e ω-3, comparados ao controle, 48 horas após a indução da sepse. CONCLUSÃO: A pré-administração de L-Ala-Gln ou ω-3 em ratos submetidos à sepse resultou em alterações metabólicas semelhantes, com aumento da glicólise nos tecidos periféricos e da gliconeogênese hepática e cetogênese, aumentando a oferta de energia disponível.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1