Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of hyperbaric oxygen therapy in rats with subtotal splenectomy preserving the inferior pole / Efeito da oxigenoterapia hiperbárica em ratos submetidos à esplenectomia subtotal com preservação do polo inferior

Paulo, Marcela Souza Lima; Paulo, Isabel Cristina Andreatta Lemos; Nunes, Tarcizo Afonso; Silva, Alcino Lázaro da; Cintra, Luiz Cálice; Paulo, Danilo Nagib Salomão.
Acta cir. bras.; 26(3): 156-164, May-June 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-7800

Resumo

PURPOSE: To evaluate the effect of hyperbaric oxygen therapy on the survival and weight of rats submitted to subtotal splenectomy and on the viability and growth of the inferior pole. METHODS: Forty Wistar rats underwent subtotal splenectomy with preservation of the inferior pole and distributed into two groups: Group A (n=20) - not treated with hyperbaric oxygen, Group B (n=20) - treated with hyperbaric oxygen. These groups were divided into two subgroups of 10 animals each, according to the time of euthanasia, 15th and 45th days. The survival and weight of the animals were recorded. The inferior pole was measured, weighed and morphologically analyzed. RESULTS: All animals survived. The weight of the animals increased in all subgroups, but decreased on the 10th day in the subgroups treated with hyperbaric oxygen (p<0.001). The viability of the inferior pole was more evident in animals treated on the 15th day, but did not differ on the 45th day. The growth of the inferior pole has not occurred on the 15th day but on the 45th day after surgery in untreated animals (p<0.01) and treated animals (p<0.05). Vascular and cellular increase in treated animals was significantly higher than in untreated ones. CONCLUSION: Hyperbaric oxygen therapy did not affect the survival of animals but reduced their weight. It improved the viability of the inferior splenic pole, but did not interfere with their growth.(AU)
OBJETIVO: Avaliar o efeito da oxigenoterapia hiperbárica na sobrevida e peso de ratos submetidos à esplenectomia subtotal e na viabilidade e crescimento do polo inferior. MÉTODOS: Quarenta ratos Wistar foram submetidos à esplenectomia subtotal com preservação do polo inferior e distribuídos em dois grupos: A (n=20) v - não tratados com oxigênio hiperbárico, B (n=20) - tratados. Esses grupos foram divididos em dois subgrupos de 10 animais cada, de acordo com a época de eutanásia: 15º e 45º dias. A sobrevida e peso dos animais foram anotadas. O pólo inferior foi medido, pesado e analisado morfologicamente. RESULTADOS: Todos os animais sobreviveram. O peso aumentou em todos os subgrupos, porém diminuiu no 10º dia nos subgrupos tratados com oxigênio hiperbárico (p<0,001). A viabilidade do polo inferior foi mais evidente nos animais tratados no 15º dia, porém não diferiu no 45º dia. O crescimento do polo inferior não ocorreu no 15º e sim no 45º dia pós-operatório, nos animais não tratados (p<0,01) e tratados (p<0,05). O aumento celular e vascular nos animais tratados foi mais significativo do que nos animais não tratados. CONCLUSÃO: A oxigenoterapia hiperbárica não interferiu na sobrevida dos animais, porém diminuiu o peso. Melhorou a viabilidade do polo inferior do baço, mas não interferiu no seu crescimento.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1