Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

As interações entre solo, planta e animal no ecossistema pastoril / The interactions between soil, plant and animal in the grassland ecosystem

Santos, Nailson Lima; Silva, Victor Costa e; Martins, Paulo Eduardo Silva; Alari, Fernando de Oliveira; Galzerano, Leandro; Miceli, Natasha Gandolfi.
Ci. Anim.; 21(1): 65-76, 2011. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7913

Resumo

A produção animal em pastagens no Brasil tem passado por transformações conceituais e mudanças significativas de paradigmas nos últimos anos. O manejo adequado da pastagem envolve a sustentabilidade da mesma e o balanço de nutrientes para suficiente produção de matéria seca, sendo que essa matéria seca será utilizada na alimentação dos animais. Os elementos químicos presentes no sistema solo- planta- animal desempenham funções vitais para o normal funcionamento desse sistema. As plantas e o solo são interdependentes, portanto deve haver um bom equilíbrio entre o que eles fornecem e o que recebem. Os elementos nutritivos do solo são absorvidos pelas plantas, sendo depois restituídos ao solo, sob a forma de resíduos de planta, para aí serem reciclados. Durante o pastejo, os animais caminham e esta ação influencia os fluxos de nutrientes. As forrageiras são eficientes na incorporação de nutrientes disponíveis nessa biomassa. O conhecimento das relações vigentes na interface planta-animal torna-se de suma importância, uma vez que, conhecidas as variáveis determinantes da otimização do uso da pastagem, se possa criar ambientes através do manejo que não venham a limitar o animal no emprego de suas estratégias de pastejo. Portanto, o estudo da relação solo:planta:animal é o caminho para a construção de ambientes pastoris ecologicamente sustentáveis e favoráveis ao forrageamento.(AU)
Livestock production in pastures in Brazil has gone through significant changes and transformations conceptual paradigms in recent years. The management of grazing involves the sustainability of that balance and sufficient nutrients for production of dry matter, and this dry matter is used in animal feed. The chemical elements present in the soil-plant-animal vital functions for the normal functioning of that system. Plants and soil are interdependent, so there must be a good balance between what they give and receive. The soil nutrients are absorbed by plants and after returned to the soil in the form of plant residues, there to be recycled. During grazing, the animals walk and this action influences nutrient flows. Forages are efficient in incorporating nutrients available in this biomass. The knowledge of the existing relations in plant-animal becomes very importance, but it is need to know the factors determinants of optimizing the use of pasture, so can create environments through the management that will not limit the use of animal in their grazing strategies. Therefore,the study of soil: plant: animal is the path to building environmentally sustainable and grassland environments conducive to foraging.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1