Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Farinha de yacon (Smallanthus sonchifolius): produção e caracterização química / Production and chemical characterization of yacon (Smallanthus sonchifolius) flour

Rodrigues, Fabiana Carvalho; Castro, Adriano Simões Barbosa; Martino, Hércia Stampini Duarte; Ferreira, Célia Lúcia de Luces Fortes.
R. Inst. Adolfo Lutz; 70(3): 290-295, set. 2011. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8488

Resumo

Os objetivos deste trabalho foram produzir farinha da polpa de yacon, avaliar a viabilidade do processo e caracterizar sua composição química. As análises da composição centesimal foram realizadas de acordo com a metodologia da Associação Científica Dedicada à Excelência Analítica (AOAC). Os teores de fibras alimentares foram analisados pela técnica enzimático-gravimétrica, os açúcares e frutooligos sacarídeos- FOS por cromatografia líquida de alta eficiência, e os minerais por espectrofotometria de emissão de plasma. De 115,5 kg de yacon in natura foram produzidas 9,6 kg de farinha com a seguinte composição química: 6,9 g.100 g-1 de umidade; 2,7 g.100 g-1 de proteínas; 0,15 g.100 g-1 de lipídios; 5,4 g.100 g-1 decinzas; 25,7 g.100 g-1 de oligofrutanos; 38,95 g.100 g-1 de carboidratos totais; 0,05 g.100 g-1 de cálcio; 0,21g.100 g-1 de fósforo e 0,18 g.100 g-1 de magnésio. O processo de produção da farinha favoreceu o aumento da vida útil do yacon. Torna-se também importante a disponibilidade de yacon no mercado na forma de farinha para facilitar sua utilização no preparo de produtos de panificação e, ainda, para que esse produto seja encontrado em qualquer época do ano. (AU)
Biblioteca responsável: BR91.2
Localização: BR68.1