Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Anoftalmia bilateral em um cão sem alterações congênitasassociadas relato de caso / Bilateral anophthalmia in a dog without congenital alterations associations Case report

Marchan, Pedro Rafael Apulcro Corrêa; Garcia, Érika Fernanda Villamayor; Pinto Filho, Saulo Tadeu Lemos; Dalmolin, Fabíola; Pippi, Ney Luis.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet.; 10(35): 42-45, out.-mar. 2013. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8540

Resumo

O termo anoftalmia é definido como ausência completa do bulbo ocular, sendo decorrente do crescimentoinadequado da vesícula ou cúpula óptica, em estágio precoce da gestação, ou por falha posterior da expansãodesse elemento óptico. Esta afecção é rara em cães e gatos, e geralmente está associada a outras anormalidadescongênitas. Várias raças podem ser afetadas pela doença. O objetivo desse trabalho é relatar um casode anoftalmia bilateral em um cão sem alterações congênitas associadas. Foi atendido um cão de seis mesesde idade apresentando cegueira e deformidade facial. Ao exame clínico, ultrassonográfico e histopatológicocomprovou-se a ausência bilateral ocular e a presença de anexos anômalos intraorbitários, concluindo-se entãose tratar de um caso de anoftalmia bilateral em um cão sem alterações congênitas associadas.(AU)
The term anophthalmia is defined as the complete ocular bulb`s absence. It happens as a resultof the wrong growth of vesicular or optic dome in the early stage of pregnancy, or when there isa fail in the expansion of this optical element. This is an unusual illness in dogs and cats and itoccurs usually associated to other congenital anomalies among several breeds of dogs. The aimof this study was to report a case bilateral anophthalmia in a dog without congenital alterationsassociations. It was seen a six-month-old dog which showed blindness and facial deformity. It wasproved through clinical, ultrasonography and histopatologic examinations, the bilateral ocularabsence and the presence of abnormal intraorbital tisue. So we concluded to be a case of bilateralanophthalmia in a dog without congenital alterations associations.(AU)
Biblioteca responsável: BR481.1
Localização: 481.1