Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Antioxidant activity of bee products added to water in tebuconazole-exposed fish

Ferreira, Daiane; Unfer, Taís Cristina; Rocha, Hélio Carlos; Kreutz, Luiz Carlos; Koakoski, Gessi; Barcellos, Leonardo José Gil.
Neotrop. ichthyol; 10(1): 215-220, 2012. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-8699

Resumo

An experiment was conducted to evaluate the potential of honey, propolis, and bee pollen for the reversal of lipid peroxidation induced by tebuconazole (TEB) in South American catfish (Rhamdia quelen), in which the concentration of thiobarbituric acid reactive substances (TBARS), the activity of the antioxidant enzyme glutathione-S-transferase (GST) and the concentrations of non-enzymatic antioxidants, reduced glutathione (GSH), ascorbic acid, and non-protein thiols were assessed. Honey (0.125 g L-1) and bee pollen (0.05 g L-1) added to the water reverse the production of TBARS induced by TEB, while propolis demonstrated a pro-oxidant effect, inducing an increase in TBARS production. The data presented herein suggest that the addition of water to honey and bee pollen potentially protects against the oxidative stress caused by agrichemicals.(AU)
Um experimento foi conduzido objetivando avaliar o potencial do mel, da própolis e do pólen apícola na reversão da peroxidação lipídica causada pelo fungicida tebuconazole (TEB) na espécie de peixe tropical Rhamdia quelen, avaliando a concentração das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), a atividade da enzima glutationa-S-transferase (GST) e das concentrações dos antioxidantes glutationa reduzida (GSH), ácido ascórbico e dos tiois não proteicos. O mel adicionado à água na concentração de 0,125g L-1 e o pólen apícola na concentração de 0.05 g L-1reverteram a geração das TBARS causada pela exposição ao TEB, enquanto a própolis demonstrou efeito pró-oxidante, induzindo um aumento na geração das TBARS. Os dados apresentados neste trabalho sugerem o potencial do mel e do pólen apícola adicionados à água como substâncias protetoras contra o estresse oxidativo causado por agroquímicos.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1