Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Formulação de ração para frangos de corte de crescimento lento utilizando valores de energia metabolizável dos ingredientes determinada com linhagens de crescimento lento e rápido / Feed formulation for slow-growing broilers using metabolizable energy values of food determined with strains of slow-and-fast-growing

Santos, F. R; Stringhini, J. H; Minafra, C. S; Almeida, R. R; Oliveira, P. R; Duarte, E. F; Silva, R. B; Café, M. B.
Arq. bras. med. vet. zootec; 66(6): 1839-1846, 12/2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-92412

Resumo

Com este trabalho, objetivou-se avaliar o efeito da formulação de rações para frangos de corte de crescimento lento, com a utilização de valores de energia metabolizável (EMAn) dos alimentos determinados por linhagens de crescimento rápido e lento, sobre o desempenho, características de carcaça, biometria de órgãos digestórios e valores energéticos das rações experimentais. Utilizaram-se 72 pintos de um dia, machos, da linhagem Isa Label, distribuídos em delineamento de blocos ao acaso, com dois tratamentos (energia dos alimentos) e seis repetições de seis animais cada. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os tratamentos consistiram na formulação de rações baseadas na energia do milho e no farelo de soja determinados com frangos Cobb (EMAn Cobb) e Isa Label (EMAn Isa Label). O experimento foi conduzido na fase inicial, e as aves consumiram as dietas por 28 dias. A formulação da dieta baseada na EMAn Cobb e Isa Label não afetou o desempenho, a biometria de órgãos digestórios e as características de carcaça de aves de crescimento lento. Porém, a dieta formulada com a EMAn Isa Label resultou em melhor conversão calórica e menor deposição de gordura abdominal na carcaça das aves. EMAn da ração semelhante ao nível calculado foi determinada com a formulação baseada na EMAn do milho e do farelo de soja determinada com a linhagem Isa Label (2.750 x 2.728 kcal/kg). Os valores de EMAn do milho e do farelo de soja determinados com aves Isa Label não afetam o desempenho dos frangos de crescimento lento, porém resultam em menor gordura abdominal, atendendo aos anseios dos consumidores de aves alternativas.(AU)
We conducted this work aiming to evaluate the effect of using the metabolizable energy of food, determined by different strains (AMEn Cobb and AMEn Isa Label), on diet formulation for slow growing broilers on the performance, carcass characteristics, biometrical morphometry measures of digestive organs and energetic values of the experimental diets. A total of 72 male broiler chickens, Isa Label, were used and the experiment followed a randomized blocks design with two treatments (feedstuff energy), and six replicates of six birds each. The averages were compared by Tukey test at 5% probability. The treatments consisted in formulating diets using the energy of corn and soybean meal determined by Cobb and Isa Label strains. The experiment was conducted in the starter phase and the birds consumed the diets for 28 days. The diet formulated based on AMEn Cobb or Isa Label did not affect the performance, biometrical and morphometry measures of digestive organs and carcass characteristics. However, the diet formulated according to AMEn Isa Label resulted in better caloric conversion, bioeconomic energetic conversion and lower deposition of abdominal fat. AMEn of the diets similar to those calculated levels were determined with the formulation based on AMEn of corn and soybean meal determined for the line Isa Label (2.750 x 2.728 kcal/kg). Values of AMEn of corn and soybean meal determined with Isa Label strains not affect the performance of slow growing broilers, but resulted in lower abdominal fat according to the desires of consumers for alternative poultry.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1