Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Biomarcadores histológicos em duas espécies de bagres estuarinos da Costa Maranhense, Brasil / Histology biomarkers in two estuarine catfish species from the Maranhense Coast, Brazil

Sousa, D. B. P; Almeida, Z. S; Carvalho-Neta, R. N. F.
Arq. bras. med. vet. zootec; 65(2): 369-376, 2013. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-9593

Resumo

Neste estudo objetivou-se validar lesões branquiais como biomarcadores em peixes de importância econômica (Sciades herzbergii e Bagre bagre) capturados pela pesca artesanal em dois locais diferenciados da Baía de São Marcos, MA, a fim de selecionar um táxon como bioindicador capaz de ser utilizado em programas de biomonitoramento. O primeiro ponto (S1) foi utilizado como uma área de referência - Ilha dos Caranguejos -, e o segundo ponto (S2) foi considerado potencialmente impactado - Complexo Portuário de São Luís, MA. Encontraram-se várias alterações histológicas para as duas espécies em S2, destacando-se: estreitamento lamelar, teleangectasia, fusão e descolamento do epitélio da lamela secundária. Lesões branquiais em B. bagre coletados em S1 também foram observadas, não sendo possível diferenciar os indivíduos das duas áreas analisadas. Os dados indicam que S. herzbergii é um bioindicador mais apropriado para análise de biomarcadores de contaminação aquática.(AU)
This study aimed to validate branchial lesions as a biomarker in fish (Sciades herzbergii and Bagre bagre) caught by traditional fishing in two different places at São Marcos Bay, MA, in order to select a bioindicator taxon which can be used in biomonitoring programs. The first point (S1) was used as a reference area - Caranguejos (Crab) Island and the second point (S2) was considered potentially impacted - Port Complex of São Luis, MA. Several histological changes were found for both species in S2, including: narrowing lamellar, teleangectasy, fusion and separation of secondary lamellar epithelium. Gill lesions in B. bagre collected were also observed in S1, it is not possible to differentiate between individuals of the two areas analyzed. The data indicate that S. herzbergii is more appropriate as a bioindicator for analysis of biomarkers of aquatic contamination.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1