Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Contribuição dos exames ultrassonográficos convencional, Doppler e classificação Bi-Radis® na avaliação dos tumores mamários em cadelas

Souza, Priscilla Macedo de.
Botucatu; s.n; 17/08/2012. 73 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-1361

Resumo

A ultrassonografia mamária em cadelas é uma importante técnica na avaliação tecidual, e distinção dos tumores benignos e malignos, favorecendo a conduta e prognóstico de cada paciente. O objetivo do trabalho foi avaliar a contribuição da técnica ultrassonográfica no modo-B, Doppler colorido, Doppler de Amplitude e Doppler espectral no diagnóstico dos tumores mamários em cadelas, a fim de correlacionar os resultados com o histopatológico, e classificar os tumores mamários de acordo com BI-RADS® (Breast Imaging and Reporting Data System) protocolo de classificação e padronização dos laudos ultrassonográficos da mama de mulher, proposto pelo Colégio Americano de Radiologia (ACR). Foram analisadas 117 mamas de 50 cadelas através do exame ultrassonográfico e posteriormente essas imagens foram classificadas pelo sistema BI-RADS® modificado e pela categoria de BI-RADS® modificado (categorias de 1 a 5). Diagnosticou se 9 tipos de tumores malignos. As principais características ultrassonográficas para a diferenciação dos tipos de tumores e indicativo de malignidade representando maior odds ratio (OR) foi a presença de microcalcificações no interior do nódulo (4,5 vezes), a sombra acústica posterior (4,0 vezes), presença de pelo menos 2 cistos (3,4 vezes). A descrição do BI-RADS® modificado mostrou se significativo para classificação de acordo com a malignidade e nos diferentes tipos de tumores. A neovascularização foi observada em 93% (55/59) dos casos de carcinoma complexo, e desses somente 34% (20/59) apresentaram detecção de das velocidades do fluxo sanguíneo no Doppler de Amplitude. As médias da...
A breast ultrasound in bitches is an important technique in evaluating tissue, and distinction of benign and malignant tumors, favoring the management and prognosis of each patient. The objective of this study was to evaluate the contribution of technical ultrasound B-mode, color Doppler, power Doppler and spectral Doppler in the diagnosis of mammary tumors in female dogs in order to correlate the results with histopathology, and classify breast tumors according with BI-RADS® (Breast Imaging Reporting and Data System) protocol classification and standardization of reports of female breast ultrasound, proposed by the American College of Radiology (ACR). We evaluated 117 breasts of 50 female dogs via ultrasonography and these images were subsequently classified by BI-RADS® category and the modified BI-RADS® modified (categories 1-5). 9 is diagnosed types of malignant tumors. The main sonographic features for the differentiation of tumor types and indicative of malignancy representing higher odds ratio (OR) was the presence of microcalcifications within the nodule (4.5 times), and posterior acoustic shadowing (4.0 times), presence at least two cysts (3.4 times). A description of the modified BI-RADS® showed significant for classification according to malignancy and in different types of tumors. Neovascularization was observed in 93% (55/59) of the carcinoma complex, and of these only...
Biblioteca responsável: BR68.1