Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diferenças fisiológicas reprodutivas entre Bos taurus e Bos indicus

Bastos, Michele Ricieri.
Botucatu; s.n; 18/06/2012. 108 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-1373

Resumo

A função ovariana e as concentrações circulantes dos hormônios reprodutivos e metabólicos foram comparadas em vacas Bos taurus e Bos indicus sob as mesmas condições climáticas e nutricionais. Vacas secas das raças Nelore (n=12) e Holandês Preto e Branco (HPB; n=12) foram mantidas em baias individuais, recebendo dieta de manutenção de acordo com o NRC (2000). O ECC e o PC se mantiveram em 3,1±0,1 e 2,8±0,2 (escala de 1 a 5) e 508±17 e 575±20 kg, para Nelore e HPB, respectivamente. Após 21 dias de adaptação, o estro foi sincronizado e os animais monitorados diariamente durante um intervalo ovulatório, através de ultrassonografia ovariana, usando um transdutor linear de 7,5 MHz. Durante a primeira onda folicular, os exames ultrassonográficos foram realizados duas vezes ao dia. Amostras de sangue foram colhidas uma vez ao dia para dosagens hormonais. Os resultados foram analisados pelo procedimento Mixed do SAS (P<0,05) e apresentados como média dos quadrados mínimos ± EP. Foi observado que 80% das vacas Nelore e 60% das vacas HPB apresentaram três ondas de crescimento folicular durante o ciclo estral. Todas as demais apresentaram duas ondas. O comprimento médio do ciclo estral foi similar entre Nelore e HPB (23 dias; variando de 21 a 26). Foram observadas diferenças substanciais quanto ao número de folículos antrais entre Nelore e HPB. À emergência da onda, o número de folículos de 2 a 5 mm presentes nos ovários foi de 42,7±5,9 para Nelore (variando de 25 a 100) e 19,7±3,2 para HPB (variando de 5 a 40). O desvio folicular ocorreu, em média, 2,3 dias após a ovulação, independente de raça, quando o maior folículo atingiu 7,0±0,2 e 8,9±0,4 mm de diâmetro em Nelore e HPB, respectivamente. O diâmetro máximo do folículo ovulatório (15,7±0,3 vs 13,4±0,3 mm), assim como o volume...
Biblioteca responsável: BR68.1