Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fatores de risco associados ao cultivo da ostra Crassostrea gigas em Santa Catarina: uma abordagem ocupacional

CRISTHIANE GUERTLER.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-208911

Resumo

O cultivo de moluscos marinhos em Santa Catarina se destaca no Brasil como uma atividade aquícola altamente produtiva, proporcionando geração de emprego e renda para a população do Estado. No entanto, pouco se conhece sobre os riscos presentes no ambiente de trabalho e seu impacto na atividade. Desta forma, este estudo avaliou o ambiente de trabalho no cultivo da ostra Crassostrea gigas, com o intuito de estabelecer diretrizes para o setor produtivo do ponto de vista do gerenciamento de riscos, com ênfase nos aspectos ocupacionais. Foram identificados e avaliados os principais riscos presentes em diversas etapas da atividade e selecionados os pontos críticos que podem contribuir para a ocorrência de acidentes e doenças ocupacionais. Foram realizadas observação sistemática in loco, questionários e entrevistas, termografia, e ferramentas de análise postural pelos métodos Rapid Entire Body Assessment (REBA), Strain Index e sensor de movimentos. As atividades executadas pelos trabalhadores dos cultivos envolvem esforço físico prolongado, posturas inadequadas, excesso de carga estática e dinâmica e atividades repetitivas. Muitos trabalhadores apresentam dores musculares nos ombros, lombar, mãos, punhos e dedos. Riscos de choque elétrico, radiação solar e afogamentos foram identificados e devem ser considerados como prioridade de prevenção e controle. A maioria dos trabalhadores são homens e com baixo grau de escolaridade, sendo que os acidentes mais comuns são cortes, choques e quedas, além de relatos de dores musculares e alergias. Os maricultores mostraram desconhecer os riscos ocupacionais presentes nas fazendas de cultivo, assim como subestimar os acidentes sofridos durante a execução das tarefas. Este trabalho visou contribuir para o desenvolvimento da gestão de processos e tomada de decisões no cultivo de ostras, com uma melhoria e eficiência dos processos produtivos e no ambiente de trabalho de ostreiculturas catarinenses
The marine mollusks culture is a very important activity for Santa Catarina, Brazil, generating employment and income for local people. However, little is known about the accident risks to which workers are exposed in this environment. Thus, this study evaluated the workplace in the oyster culture Crassostrea gigas, aiming to establish guidelines for the productive sector from the point of view of risk management, with emphasis on occupational aspects.This study identified and suggested improvements to the main risks in the activities performed on mollusks farms.The critical points that could contribute to the occurrence of occupational accidents and diseases were selected. We performed observations in loco, questionnaires and interviews, analysis by infrared thermography and postural assessments by Rapid Entire Body Assessment, Strain Index and Motion capture sensor methods. The performed activities involved prolonged physical effort, awkward postures, excessive static and dynamic loads, activities and repetitive movements. Many workers have muscle pains in their shoulders, lower back, hands, wrists and fingers. Electrical shock, solar radiation and drowning were identified, and should be considered as a priority for prevention and control. Results also showed that most of the participants are men with low educational level and that the most common accidents are cuts, shocks and falls, and also has reports of muscle pain and allergies. The workers showed ignore the occupational risks present in cultivation farms, as well as underestimate the accidents suffered during the execution of tasks. This work aimed to contribute to the development of process management and decision making in oyster culture, with an improvement in the work environment of Santa Catarina oyster culture
Biblioteca responsável: BR68.1