Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

AVALIAÇÃO DO EFEITO DO PROPRANOLOL COMO BLOQUEADOR SIMPÁTICO EM CADELAS COM NEOPLASIAS MAMÁRIAS

MURILLO DAPARE KIRNEW.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-212965

Resumo

O uso de betabloqueadores tem mostrado implicações significativas na terapia de neoplasias através do bloqueio de adrenoreceptores em tecidos tumorais. O sistema nervoso autônomo simpático apresenta um perfil pró-inflamatório e por estímulo das catecolaminas ocorre à ativação de macrófagos teciduais com liberação de citocinas inflamatórias. Estudos recentes sugerem que estímulos inflamatórios crônicos podem acelerar a progressão do câncer, fato este relacionado à ativação do sistema beta adrenérgico. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar a influência do emprego do propranolol sobre a evolução macroscópica dos nódulos mamários assim como a monitoração da função cardíaca. O estudo foi prospectivo, randomizado e longitudinal. Para tanto, 06 cadelas portadoras de tumores de mama (G1) receberam cloridrato de propranolol (0.2 mg/kg/BID, VO, 30 dias) e, outras 08 cadelas também com neoplasia mamária (G0) receberam apenas medicação placebo (BID, VO, 30 dias). Foram realizados exames ecocardiográfico, eletrocardiográficos convencional e Holter, paquimetria tumoral e exame histopatológico. A análise estatística foi baseada em um estudo experimental, cujos resultados foram submetidos à análise de variância (ANOVA) com medidas repetidas no tempo e em seguida Teste de Tukey. O uso do fármaco mostrou segurança sobre os parâmetros cardíacos avaliados e controle sobre o crescimento tumoral quando comparado com o grupo placebo.
The use of beta-blockers has shown significant implications in the therapy of neoplasias through the blockade of adrenoreceptors in tumor tissues. The autonomic sympathetic nervous system presents a pro-inflammatory profile and by stimulating the catecholamines occurs to the activation of tissue macrophages with the release of inflammatory cytokines. Recent studies suggest that chronic inflammatory stimuli may accelerate the progression of cancer, a fact related to activation of the beta adrenergic system. Thus, the objective of the present study was to evaluate the influence of the use of propranolol on the macroscopic evolution of the mammary nodes as well as the monitoring of the cardiac function. The study was prospective, randomized, and longitudinal. For this, 06 bitches bearing breast tumors (G1) received propranolol hydrochloride (0.2 mg / kg / BID, VO, 30 days) and another 08 female mammary glanders (G0) received only placebo medication (BID, VO , 30 days). Echocardiographic, conventional electrocardiographic and Holter tests, tumor pachymetry and histopathological examination were performed. The statistical analysis was based on an experimental study, whose results were submitted to analysis of variance (ANOVA) with measures repeated in time and then Tukey's test. The use of the drug showed safety over the evaluated cardiac parameters and control over tumor growth when compared to the placebo group.
Biblioteca responsável: BR68.1