Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

INFECÇÃO NATURAL DA FAUNA TRIATOMÍNEA E RESERVATÓRIOS DOMÉSTICOS POR Trypanosoma cruzi NO ESTADO DO ACRE, BRASIL

PATRICIA FERNANDES NUNES DA SILVA MALAVAZI.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-213082

Resumo

MALAVAZI, Patrícia Fernandes Nunes da Silva. Universidade Federal do Acre, julho de 2019. Infecção natural da fauna triatomínea e reservatórios domésticos por Trypanosoma cruzi no estado do Acre, Brasil. Orientador: Soraia de Figueiredo de Souza, Co-orientador: André Luiz Rodrigues Roque. O Trypanosoma cruzi é um protozoário comum na América Latina, causador da doença de Chagas em humanos e capaz de infectar várias outras espécies de mamíferos. Atualmente a Amazônia brasileira apresenta o maior número de surtos da doença e estudos para avaliar a transmissão do parasito neste bioma são necessários para entender a participação de distintas espécies de mamíferos como reservatórios. O Capítulo 1 tem como objetivo apresentar uma revisão bibliográfica sobre a importância de cães no ciclo de transmissão do protozoário em diferentes estados brasileiros, a partir da procura de termos em bancos de dados eletrônicos. Ceará, Pará e Tocantins são considerados áreas de risco para a Tripanossomíase Americana canina. O papel do cão no ciclo de transmissão do T. cruzi no ambiente doméstico permanece incerto. O Capítulo 2 objetiva relatar a investigação da infecção natural por T. cruzi na fauna triatomínea e em mamíferos domésticos (cães e gatos) residentes em áreas endêmicas do estado do Acre (municípios de Feijó e Rodrigues Alves), além da capital do estado, o município de Rio Branco. Os triatomíneos foram coletados a partir da dissecção das palmeiras ou pela entrega dos residentes das regiões estudadas. Os conteúdos intestinais dos vetores foram avaliados quanto à presença de tripanossomatídeos por microscopia óptica e por análise molecular, que visaram o gene mini-exon de T. cruzi e T. rangeli. Amostras de sangue das veias jugular/cefálica dos mamíferos foram coletadas para avaliação de i) esfregaço sanguíneo, ii) hemocultura, iii) PCR visando o gene ribossômico da subunidade pequena (18S SSU) e iv) sorologia indireta (IFAT) e ensaio imunoenzimático [ELISA]). Questionários epidemiológicos foram aplicados e avaliação clínica de cães e gatos foi realizada. O conteúdo fecal de 28 insetos Rhodnius sp. e um Panstrongylus sp. foram examinados. Quatro triatomíneos foram positivos (13,3%) no exame a fresco. A análise molecular identificou Trypanosoma cruzi TCI no ensaio mini-exon em duas espécimes de Feijó. Amostras de sangue de 90 cães e 3 gatos foram obtidas. Trypanosoma sp. foi encontrado em uma hemocultura (1/92; 1,1%) e em seis esfregaços (6/86, 6,5%). A soropositividade para o T. cruzi (IFAT e ELISA) foi de 8/92 (8,7%). O sequenciamento do DNA da hemocultura revelou infecção por T. rangeli em um cão assintomático. Reações de PCR em coágulos sanguíneos resultaram em um cão positivo (1/75; 1,3%) infectado por T. janseni e este achado fornece um novo hospedeiro mamífero para uma espécie de Trypanosoma recentemente reconhecida. Presença de instalações para pecuária e fossa séptica foram variáveis associadas à infecção por Trypanosoma sp. (p <0,05). Baixa exposição e parasitemia do T. cruzi foram observadas em cães das áreas de doença de Chagas e do município de Rio Branco, sugerindo que estes animais domésticos não são reservatórios de T. cruzi nos municípios estudados.
MALAVAZI, Patrícia Fernandes Nunes da Silva. Universidade Federal do Acre, July, 2019. Triatomines fauna and domestic reservoirs Trypanosoma cruzi infection in the State of Acre, Brazil. Advisor: Soraia de Figueiredo de Souza, Co- advisor: André Luiz Rodrigues Roque. Trypanosoma cruzi is a widespread protozoan in Latin America causative of Chagas disease in humans and it is able to infect several other mammal species. Nowadays the Brazilian Amazon presents the highest number of disease outbreaks and studies to evaluate the parasite transmission in this biome is necessary to understand the participation of distinct mammal species as reservoirs. Chapter 1 aims to present a literature review on the importance of dogs at protozoan transmission cycle in different Brazilian states, considering the evaluated biomes, studied population, diagnostic methods used and identification of genotypes circulating T. cruzi. Chapter 2 aims to investigate the natural infection by T. cruzi infection in triatomine fauna and domestic mammals (dogs and cats) living in endemic areas in the state of Acre (Feijó and Rodrigues Alves municipalities), besides the capital of the state, the municipality of Rio Branco. The triatomines were collected from the dissection of palms or delivered by residents from the studied regions. The intestinal contents of the vectors were evaluated for the presence of trypanosomatids by optical microscopy and by molecular analysis, which target the mini-exon gene of T. cruzi and T. rangeli. Blood samples from the jugular/cephalic veins of the mammals were collected for evaluation of i) blood smear, ii) hemoculture, iii) PCR targeting small subunit ribosomal gene (18S SSU) and iv) serology (indirect fluorescent antibody test [IFAT] and immunoenzymatic assay [ELISA]). Epidemiological questionnaires were applied and clinical evaluation of dogs and cats was realized. The fecal content of 28 bugs from Rhodnius sp. and one Panstrongylus sp. were examined. Four triatomines were positive (13.3%) in the fresh examination. Molecular analysis identified Trypanosoma cruzi TCI in mini- exon assay in two specimens from Feijó. Blood samples from 90 dogs and 3 cats were obtained. Trypanosoma sp. was found in one blood culture (1/92, 1.1%) and in six blood smears (6/86, 6.5%). Seropositivity for T. cruzi (IFAT and ELISA) was 8/92 (8.7%). Sequencing of the blood culture DNA revealed T. rangeli infection in an asymptomatic dog. PCR reactionsin blood clots resulted in one positive dog (1/75, 1.3%) infected by T. janseni and this finding provides a new mammalian host for a recently recognized Trypanosoma species. Presence of facilities for animal husbandry and septic tank were variables associated with Trypanosoma sp. infection (p <0.05). Low exposition and parasitemia for T. cruzi were observed in dogs from Chagas disease areas and Rio Branco municipality suggesting that these domestic animals are not T. cruzi reservoirs in the studied municipalities.
Biblioteca responsável: BR68.1